Meteorologia

  • 19 OUTUBRO 2018
Tempo
23º
MIN 23º MÁX 24º

Edição

Mitos e verdades (incómodas) sobre as hemorroidas: E não, não leia no WC

Quando o assunto é hemorroidas, existem somente duas coisas que se pode afirmar com alguma segurança...

Mitos e verdades (incómodas) sobre as hemorroidas: E não, não leia no WC
Notícias ao Minuto

12:00 - 20/09/18 por Liliana Lopes Monteiro  

Lifestyle O que deve saber

A primeira é que se trata de um problema de saúde surpreendentemente comum: pelo menos 50% das pessoas terão uma crise de hemorroidas em algum momento das suas vidas.

A segunda é que alguns dos mitos sobre as origens da doença não têm nenhuma base científica.

O que são

As hemorroidas são inflamações que se formam nas camadas de tecido que revestem o canal anal. Algumas são externas e têm um aspeto semelhante ao de minúsculas uvas.

Nesses casos, sentar-se numa superfície dura pode ser algo desconfortável, o que deu origem ao mito de que assentos frios e húmidos seriam, na realidade, a causa do problema.

Poucos estudos científicos examinaram a relação entre a temperatura e o aparecimento de hemorroidas. Uma pesquisa feita no Centro de Endoscopia e Proctologia de Berlim, na Alemanha, em 2009 investigou vários fatores possíveis para a doença, inclusive o ato de se sentar em superfícies frias.

No estudo, um grupo de voluntários sofria de hemorroidas externas que estavam enrijecidas e eram bastante dolorosas. O outro grupo estava saudável.

Ao analisarem uma série de variáveis, como carregar muito peso, tossir, espirrar, comer alimentos picante sou usar toalhitas para fazer a higiene pessoal, os cientistas não encontraram provas de que esses atos fizessem alguma diferença na propensão de alguém ter ou não hemorroidas. Nem mesmo, lá está, sentar-se numa superfície fria.

Mas afinal, porque essa parte do corpo tende a apresentar o problema?

A clínica geral Ann Robinson apresenta uma explicação simples: "Trata-se apenas de uma região vulnerável do corpo".

De fato, o canal anal é um local onde três diferentes sistemas venosos se encontram. Um pequeno inchaço dessas veias é até útil, porque elas ajudam a dilatar o tecido e fecham o canal, evitando a incontinência fecal.

Mas se essas veias ficarem muito inchadas, então acabam por se projetarem para dentro do canal anal, causando desconforto e dor. O problema pode ainda dar origem a um sangramento e deve ser verificado por um médico, porque esse é um dos sintomas de cancro do intestino.

Como evitar o problema

Qualquer situação que aumente a congestão na pelve, como a gravidez, pode piorar as hemorroidas.

A prisão de ventre provoca uma pressão sobre as veias e pode levar o paciente a fazer tanta força para evacuar que as hemorroidas acabam por sair do ânus, o que pode causar fortes dores.

Ainda assim, o estudo feito na Alemanha descobriu que as pessoas que tomam banho frequentemente têm menos tendência a desenvolver uma crise de hemorroidas, enquanto que aquelas que fazem muita força quando vão à casa-de-banho apresentam um risco maior.

Portanto, tudo o que ajudar a evitar o chamado 'intestino preso' pode contribuir para espantar o problema das hemorroidas: aumentar a ingestão de alimentos ricos em fibras, manter um peso saudável, praticar exercício físico e beber bastante água.

O que nos leva a um último mito. Ou melhor, uma verdade: ler na casa de banho não é uma boa ideia. Estudos sugerem que o hábito pode incentivar as pessoas a passar mais tempo forçando a evacuação, sem se darem conta.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório