Meteorologia

  • 15 DEZEMBRO 2018
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 15º

Edição

A cura para a calvície pode estar no perfume, explica a ciência

Há uma nova esperança para a cura da calvície e reside no uso de um químico existente nos perfumes, explicam os cientistas.

A cura para a calvície pode estar no perfume, explica a ciência
Notícias ao Minuto

16:00 - 22/09/18 por Liliana Lopes Monteiro  

Lifestyle Revolução

Uma equipa de investigadores garante “estar perto” de transplantar a inovação descoberta no laboratório para o uso em tratamentos reais de calvície.

Um químico desenhado para replicar o cheiro do sândalo tem igualmente o poder de simular o crescimento de cabelo nos humanos, revela um novo estudo.

Atualmente já estão a ser conduzidos ensaios clínicos para avaliar a eficácia do produto em voluntários humanos, e a equipa de cientistas garante que “não está longe” de fazer a transição do laboratório para as clínicas e centros hospitalares.

“Trata-se de uma descoberta deveras fantástica”, disse o líder do estudo e cientista Ralf Paus, docente na Universidade de Manchester, no Reino Unido, em declarações à publicação The Independent.

Para alcançarem estes resultados, os cientistas isolaram um químico encontrado nos folículos capilares que lhes permitiu por um lado desacelerar a morte dessas estruturas e por outro lado promover o crescimento capilar.

Tal foi alcançado através do uso improvável de uma substância conhecida por Sandalore, um químico produzido para recriar o cheiro do sândalo, que é comummente utilizado no fabrico de perfumes e de sabonetes.

O cheiro é uma sensação desencadeada quando as moléculas químicas do odor são reconhecidas por células específicas localizadas no nariz, mas esse processo não está de todo confinado às vias nasais.

Surpreendentemente, os mesmos padrões químicos ajudam a regular outras células no corpo, incluindo o crescimento do cabelo.

Os investigadores focaram-se no recetor denominado de OR2AT4, que é conhecido por ser estimulado pelo Sandalore, e que pode ser encontrado na camada exterior dos folículos capilares.

Os cientistas apuraram assim que aplicar o aroma de sândalo sintético no tecido do escalpe pode não só propiciar o crescimento do cabelo como diminuir a morte das células.

O estudo inovador foi publicado no periódico Nature Communications.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório