Meteorologia

  • 17 NOVEMBRO 2018
Tempo
13º
MIN 13º MÁX 13º

Edição

Por que razão há cada vez mais casos de cancro do pâncreas?

Foi esta a doença com que morreu a cantora Aretha Franklin, esta quinta feira. O caso alertou para este que é um dos tipos de cancro mais fatais e nos faz olhar para os dados: o número de vítimas de cancro do pâncreas está a crescer.

Por que razão há cada vez mais casos de cancro do pâncreas?
Notícias ao Minuto

09:20 - 17/08/18 por Mariana Botelho 

Lifestyle Oncologia

Pelo seu difícil diagnóstico, é considerado um dos tipos de cancro mais fatais a nível mundial. Diz a BBC que um em cada 10 indivíduos a quem este cancro é diagnosticado não vive mais do que cinco anos.

Nos Estados Unidos, é o terceiro tipo de cancro que mais mata, e prevê-se que supere em breve as mortes por cancro do cólon (em primeiro lugar, mantém-se o cancro do pulmão). Em Portugal o número de mortes por esta doença é menos significativo, mas requer igual atenção, já que obriga ao diagnóstico o mais atempado possível, que garanta um tratamento mais eficaz, ou pelo menos uma melhor qualidade de vida nos últimos anos de quem faz por sobreviver à doença.

Embora não se saiba ao certo o porquê de o número de indivíduos afetados por este cancro estar a aumentar, especialistas apontam a obesidade e diabetes de tipo 2 como possíveis fatores que facilitam o desenvolvimento da doença (e estão na ordem do dia da atual realidade populacional). Também o tabagismo propicia o desenvolvimento da doença.

Outro aspeto, de difícil identificação prévia mas que não pode ser descurado nas mais recentes investigações, é o facto de o ADN do ser humano ser hoje menos efetivo que há algumas décadas. É o estilo de vida que hoje maioritariamente levamos que nos torna mais expostos a erros genéticos, nomeadamente aqueles que levam ao desenvolvimento de tumores cancerígenos.

Aponta ainda o The Cut que, ao contrário de outros tipos de cancro, que respondem bem à imunoterapia, este não é o caso do cancro do pâncreas, o que se revê nos números: se há tipos de cancro cujo número de vítimas está a baixar, outros ganham destaque por se manterem ou afetarem ainda mais pessoas.

Além de Aretha Franklin, a quem o cancro do pâncreas foi diagnosticado em 2010, esta foi também a causa de morte do milionário Steve Jobs e dos atores Patrick Swayze e Alan Rickman.

De referir que o cancro do pâncreas é também dos que se alastram mais rapidamente a outras partes do corpo, o que dificulta o seu tratamento. É por isso que as investigações sobre o tema se sustentam sobretudo na identificação atempada da doença.

Recorde aqui os sintomas que podem ser indícios de cancro do pâncreas.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório