Meteorologia

  • 20 AGOSTO 2018
Tempo
31º
MIN 30º MÁX 33º

Edição

Sente tristeza após o orgasmo? Entenda o que é a disforia pós-sexo

As relações sexuais são seguidas, em geral, por uma sensação de relaxamento, felicidade e de bem-estar, mas nem sempre é assim…

Sente tristeza após o orgasmo? Entenda o que é a disforia pós-sexo
Notícias ao Minuto

22:00 - 08/08/18 por Liliana Lopes Monteiro  

Lifestyle Distúrbio

A comunidade científica aponta que para alguns indivíduos o ‘normal’ é sentirem-se assolados por sentimentos súbitos de tristeza, vergonha e ansiedade, sem qualquer motivo aparente, após atingir o orgasmo.

É a chamada disforia pós-sexo, conhecida também por tristeza ou depressão pós-sexo – ou seja trata-se de uma sensação oposta à da euforia.

Sem distinção de género

Até ao momento, a maioria dos estudos sobre disforia pós-sexo focaram-se no sexo feminino.

Pesquisas mostram que entre 33% e 46% das mulheres já passaram por isso pelo menos uma vez na vida, enquanto um percentual de 5% a 10% afirma ter apresentado os sintomas várias vezes durante o último mês.

E um estudo recente revelou que os homens também sofrem com os mesmos sintomas. Psicólogos da Universidade de Tecnologia de Queensland, na Austrália, entrevistaram 1,208 homens.

O resultado mostrou que 41% já sofreram com a condição pelo menos uma vez na vida, 20% vivenciaram a experiência no mês anterior e entre 3% e 4% sentem depressão pós-sexo regularmente.

"Tenho ataques de choro e crises depressivas após a relação sexual", disse um dos participantes.

"Fico muito envergonhado", desabafou outro.

Por que ocorre?

De acordo com os especialistas, a disforia pode estar relacionada com um processo hormonal na amígdala neural, a estrutura do cérebro responsável pela regulação dos sentimentos e das emoções.

"Durante a relação sexual, a amígdala pode reduzir a sua atividade e, depois do ato, é ativada novamente", disse à BBC News, o médico Fernando Rosero, especialista em saúde sexual.

Mas o transtorno também pode estar relacionado com sentimentos de stress, outras disfunções sexuais ou fatores culturais.

"A disforia pode ser ainda produto de uma educação sexual muito opressiva, em que o sexo possa gerar questionamentos ou angústia para a pessoa", explica Rosero.

Seja qual for o caso, os especialistas recomendam que, ao apresentar qualquer sintoma, os indivíduos devam procurar apoio médico.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.