Meteorologia

  • 23 AGOSTO 2019
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Alerta sépsis: Conhece aquela que é uma das principais causas de morte?

A sépsis é uma infeção generalizada no organismo com inicio num órgão específico e que pode ser provocada por bactérias, vírus, fungos ou protozoários. E de acordo com uma investigação da BBC News, na maioria dos casos revela-se fatal.

Alerta sépsis: Conhece aquela que é uma das principais causas de morte?

Normalmente, o sistema imunológico entra em ação para atacar a infeção e impedir que se alastre. Mas, quando esta consegue propagar-se pelo corpo, a defesa do organismo lança uma resposta inflamatória sistémica na tentativa de combatê-la.

Porém, já a expressão popular diz: “não se morre da doença, mas morre-se da cura”. Neste caso, o ponto é que essa reação pode também representar um problema, uma vez que pode ter efeitos catastróficos no organismo.

Quando não diagnosticada e tratada rapidamente, ela pode comprometer o funcionamento de um ou vários órgãos do paciente e levar à morte.

Quando o paciente atinge um quadro de choque sético, a pressão sanguínea cai para níveis baixos e perigosos, reduzindo a oxigenação de órgãos, e comprometendo o seu funcionamento. O choque sético, segundo o serviço de saúde britânico (NHS) pode ocorrer como uma complicação da sépsis.

A saber, qualquer processo infecioso - seja uma pneumonia ou infeção urinária - pode evoluir para um quadro de sépsis.

Os sintomas a que deve estar atento!

A organização britânica UK Sepsis Trust, que se dedica a informar sobre a doença e a ajudar pacientes, enumera seis sintomas que devem servir de alerta:

- Fala comprometida, arrastada, tonturas;

Tremores extremos ou dores musculares;

Baixa produção de urina (passar um dia sem urinar);

Falta de ar severa;

Sensação de que pode morrer;

Pele manchada ou pálida;

Confusão mental ou, em alguns casos, perda de consciência;

- Diarreia, enjoos ou vómito.

Já os sintomas em crianças incluem:

Aparência manchada, azulada ou pálida;

- Letargia ou dificuldade em acordar;

Pele fria;

Respiração acelerada;

Manchas cutâneas;

Convulsões.

Tratamento

O tratamento da sépsis deve ser realizado idealmente em hospitais e unidades de terapia intensiva, onde são administrados antibióticos para combater o foco da infeção.

A redução da carga bacteriana é fundamental para o controle da resposta inflamatória - condutas que visam à estabilização do paciente são consideradas prioritárias e devem ser tomadas imediatamente.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório