Meteorologia

  • 17 OUTUBRO 2018
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 17º

Edição

Já foi vítima de mansplaining? A voz subtil do machismo moderno

O machismo ainda existe, por vezes acontece abertamente e noutras ocasiões assume uma expressão mais subtil, mas ainda assim silenciadora.

Já foi vítima de mansplaining? A voz subtil do machismo moderno
Notícias ao Minuto

23:30 - 20/07/18 por Liliana Lopes Monteiro  

Lifestyle Tempos modernos

A base do machismo, mesmo que inconscientemente, é supor que as mulheres são intelectualmente inferiores. E nos tempos que correm esse tipo de posição castradora toma muitas vezes a forma de mansplaining.

Mas o que é o mansplaining?

De acordo com a publicação digital Dicas de Mulher, o termo tem origem na língua inglesa e une os vocábulos ‘man’ e ‘explaining’, que significam ‘homem’ e ‘explicar’.

Ou seja, trata-se de uma prática infeliz por parte de homens que acreditam que as mulheres não entendem totalmente um qualquer assunto e que necessitam de uma ‘explicação mais clara’ sobre um tema em especifico. Explicação essa, que um homem (segundo ele próprio) é mais capaz de dar e está mais apto para elaborar.

O problema fundamental do mansplaining é que parte da premissa ‘eles só estão a tentar ajudar’. Todavia, esta explicação masculina ocorre em situações nas quais a mulher não precisa de qualquer elucidação e muitas vezes relativamente a áreas sobre as quais ela domina, estudou ou trabalha.

Em quais situações o mansplaining pode ocorrer?

No trabalho

Estudou anos e anos antes de trabalhar na sua área de escolha, quer seja advocacia, medicina ou moda, e no entanto tem um colega tão qualificado ou menos que você que lhe tenta explicar coisas óbvias...

No ambiente académico

O universo académico já é, na maioria das disciplinas, dominado pelos homens, e como tal é um espaço que à partida já propicia a ocorrência de mansplaining. É licenciada, mestre ou doutorada e ainda assim podem falar consigo como se não dominasse de todo a sua área de especialização académica.

No trânsito

O trânsito é um dos espaços em que pode ocorrer o mansplaining com mais frequência.

Se por exemplo, comentar com um homem que o seu carro está com algum problema, o mais certo será explicarem-lhe as possíveis causas, mesmo que não tenha pedido.

Nos relacionamentos amorosos

Nestes casos, há frequentemente um padrão de abuso. O homem muitas vezes assume e controla a voz da parceira, mesmo relativamente a questões que apenas dizem respeito a ela própria, como o seu corpo, desejo sexual e sentimentos.

Em conversas casuais

Imagine que está num bar, entre amigos, e um homem questiona-a sobre a cerveja que acabou de pedir. Argumentando, por exemplo, que a bebida que escolheu é demasiado forte para o paladar feminino e ainda não satisfeito, lhe recomenda outra – porque ele percebe mesmo do está a falar… mas o facto é que você também percebe… certo?

Como acabar com o mansplaining?

Como mulher não pode evitar que o mansplaining aconteça. Cabe aos homens tomarem consciência do que realmente significa a igualdade. O que pode fazer é acreditar no seu potencial e nunca duvidar de si e das suas capacidades.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório