Meteorologia

  • 19 NOVEMBRO 2018
Tempo
MIN 8º MÁX 8º

Edição

O seu filho usa auscultadores? Conheça os riscos deste aparelho

Não é a primeira vez que se aborda o assunto, mas o atual estudo ganha destaque pelos relevantes números que provam que o problema é ainda mais grave na população infantil.

O seu filho usa auscultadores? Conheça os riscos deste aparelho
Notícias ao Minuto

13:03 - 24/06/18 por Mariana Botelho 

Lifestyle Audição

Há tempos falamos do risco de surdez que afeta os jovens adultos aos 30 anos de idade. O problema advém do uso de auscultadores a um volume demasiado elevado (120 decibéis) que expõe o ouvido ao som semelhante ao de um pequeno avião a descolar.

Com tal prática frequente, o problema perde possibilidade de resolução sendo que, quando o indivíduo procura um médico, mal está feito.

Segundo um novo estudo publicado esta semana, o caso parece ganhar gravidade quando se fala de uma população bem mais nova, mesmo que não seja exposta ao mesmo volume. Falamos em específico de crianças entre os 9 e os 11 anos, cuja audição é afetada pelo uso dos auscultadores que triplica o risco de problemas auditivos.

Com base na amostra de cerca de 3000 crianças, constatou-se que 14% desenvolveram problemas auditivos no espaço de um ano. Os que não desenvolveram nenhum problema apresentam contudo sensibilidade para desenvolver alguma complicação caso o uso de auscultadores seja contínuo.

Como forma de o evitar, aconselha-se a que se limite o volume máximo do aparelho de som, algo possível de se definir tanto em aparelhos Adroid como da IOS.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório