Meteorologia

  • 22 OUTUBRO 2018
Tempo
14º
MIN 14º MÁX 15º

Edição

Será que a sua dieta o protege da poluição? Um novo estudo explica

De acordo com uma nova pesquisa, seguir uma dieta mediterrânica – que inclua muita fruta, vegetais, cereais integrais, azeite, peixe e carnes brancas – pode proteger quem a consome dos efeitos mais nocivos da poluição.

Será que a sua dieta o protege da poluição? Um novo estudo explica
Notícias ao Minuto

20:50 - 22/05/18 por Liliana Lopes Monteiro  

Lifestyle Comer para viver

Um grupo de investigadores norte-americanos, da Escola de Medicina, da Universidade de Nova Iorque, que analisou cerca de 550 mil indivíduos, com uma idade média de 62 anos, ao longo de 17 anos, classificou os voluntários tendo como base o quanto ou não os seus hábitos alimentares se aproximavam do modelo da dieta mediterrânica e relacionou esses dados com a sua exposição a longo prazo à poluição atmosférica, incluindo matéria particulada (PM2,5), dióxido de azoto (NO2), e ozono (O3).

Surpreendentemente, os investigadores detetaram algo intrigante quando compararam os dados de homens e mulheres que adotavam permanentemente uma dieta mediterrânica, e os que não o faziam, enquanto estiveram igualmente expostos aos mesmos níveis de poluição.

O risco de morte aumentou em cerca de 5% em cada 10 partes por mil milhões, aquando da exposição a longo prazo a óxido nitroso, entre quem não seguiu aquele regime alimentar, comparativamente a 2% entre quem o adotou.

Ocorrências fatais de doenças cardiovasculares aumentaram em 17%, por cada 10 microgramas por metro cúbico de exposição a longo prazo a matéria particulada, entre quem não seguiu a dieta mediterrânica, e em apenas 5% para quem a executou.

Um padrão semelhante foi detetado quando se teve em conta a incidência de mortes devido a ataques cardíacos fulminantes. No entanto, adoção de um regime alimentar mediterrânico não se mostrou capaz de combater os efeitos nocivos relativos à exposição ao ozono.

“A comunidade médica e científica crê que a poluição da atmosfera provoque o chamado stress oxidativo e a inflamação do organismo, e a dieta mediterrânica destaca-se por incluir alimentos ricos em propriedades anti inflamatórias e por conter antioxidantes que poderão combater esse ‘ataque’ ambiental ao corpo humano”, explica Chris Lim, o autor do estudo, que apresentou os resultados daquele estudo na Conferência Internacional da Sociedade Norte-Americana Torácica de 2018, em San Diego.

Liam admite que poderão existir outros padrões alimentares que confiram benefícios semelhantes. “Quando analisei cada componente da dieta mediterrânica, conclui que são as frutas e os vegetais que estão a atenuar os efeitos prejudiciais da poluição atmosférica”, diz.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório