Meteorologia

  • 15 DEZEMBRO 2017
Tempo
14º
MIN 13º MÁX 14º

Edição

João Ricardo: O sorriso e as memórias de um ator eternizado pelos afetos

João Ricardo morreu esta quinta-feira, dia 23, na sequência de um tumor maligno cerebral contra o qual lutava desde o ano passado. Tinha 53 anos e uma vida intensa, repleta de grandes sucessos e, sobretudo, de amor.

João Ricardo: O sorriso e as memórias de um ator eternizado pelos afetos
Notícias ao Minuto

14:50 - 24/11/17 por Mariline Direito Rodrigues

Fama Memórias

No dia 7 de outubro de 2016, o país ficaria a conhecer a nova batalha de João Ricardo. O ator foi diagnosticado com um tumor maligno no cérebro que o levou a uma cirurgia de urgência, no Hospital Santa Maria. Alguns dias depois - no dia 20 - seria com um sorriso na cara que um dos melhores amigos de João, Gonçalo Diniz, dava a boa novidade: o ator tinha saído do hospital e aparentava estar bem. Já em casa, o próprio artista deixaria uma mensagem destinada a todos os seus fãs, na qual confirmava que estava em recuperação e junto daqueles que mais amava.

Em dezembro, o Fama ao Minuto teve a oportunidade de testemunhar, através de uma entrevista, a esperança do artista em pessoa. João Ricardo revelou-se um homem de fé: “Acredito absolutamente em Cristo”, referiu na altura, acrescentando que, apesar de tudo, considerava-se um “homem de sorte”.

Contudo, a sorte não lhe sorriu no ano que se seguiu. Já perto do final do mês de outubro, quase um ano depois da primeira intervenção cirúrgica, os representantes do ator confirmaram que o tumor tinha reaparecido. Os tratamentos intensificaram-se, mas não foram suficientes. João Ricardo morreu esta quinta-feira, dia 23, no Hospital de Santa Maria, depois de um período de proximidade junto da sua família em casa.

O velório decorrerá hoje, sexta-feira, a partir das 18h00, na Basílica da Estrela, e o funeral realizar-se-á amanhã, sábado, saindo para o Cemitério dos Prazeres.

Confrontado com a ideia da morte na entrevista, fez saber que ela nunca o venceria. “Eu não vou morrer. Direi isso sempre a toda a gente e venho a dizer. Eu não morro”. E não, até porque a sua memória e vida permanecerá para sempre através do seu talento e daqueles que o amavam.

Os colegas e amigos que nunca irão esquecer João Ricardo

Desde que a notícia da sua morte se tornou pública, não tardou para que inúmeras figuras públicas se manifestassem sobre a tão sentida partida. A mensagem de Gonçalo Diniz foi uma das que mais se destacou, tendo em conta os profundos laços de amizade que ambos partilhavam. "O mundo está mais pobre hoje. Uma salva de palmas para o senhor João Ricardo. Sempre juntos. Amo-te meu príncipe”, escreveu Gonçalo nas redes sociais, partilhando uma foto onde surgia de mão dada com o amigo.

Mas, e como já se disse, não foi o único. Nomes como Iva Domingues, Ruy de Carvalho, César Mourão e Júlio Isidro também realçaram a memória do artista. Nem mesmo Marcelo Rebelo de Sousa deixou de partilhar uma mensagem de apoio: “Tanta companhia nos fez em inúmeros papéis e mais recentemente na televisão”, afirmou.

Facto. O Presidente tem razão. A carreira de João Ricardo foi intensa e cheia de vida.

João Ricardo e a sua alma, a representação

Em entrevista, o ator fez saber que não poderia ter escolhido outra profissão. Seja no cinema, teatro ou televisão, o seu talento ficou evidenciado pelos inúmeros projetos que integrou.

Na 7.ª Arte, por exemplo, sublinham-se filmes como ‘A passagem da noite' (2003), de Luís Filipe Rocha, 'A costa dos murmúrios' (2004), de Margarida Cardoso, 'Os meus espelhos' (2005), de Rui Simões, 'Corrupção' (2007), de Alexandre Valente, 'A corte do Norte' (2008) e 'Filme do Desassossego' (2010), de João Botelho.

Já em palco, o ator sempre se manteve ligado ao Teatroesfera e ao Teatro D. Maria II, onde chegou a encenar peças como 'A Ilha Encantada' (2005), de William Shakespeare.

Mas foi na televisão que recebeu o maior carinho dos seus fãs. Uma das personagens mais icónicas a que deu vida foi na novela ‘Laços de Sangue’ (2010), na qual interpretava o hilariante Armando Coutinho. 'Tempo de Viver' (2006), 'Rosa Fogo' (2011), 'Dancin'Days' (2012) e 'Rainha das Flores' (2016) foram outras novelas que abrilhantaram o seu currículo.

Quando descobriu o tumor encontrava-se a gravar ‘Espelho d’Água’, projeto do qual se teve de retirar para fazer os tratamentos

O que fica é o amor...

João Ricardo tinha 53 anos e nunca desistiu de lutar. A sua força e perseverança irão sempre ser recordadas por todas as pessoas que o rodeavam, especialmente, pelo filho: “O Rodrigo é a pessoa que eu mais amo na minha vida. Dizer a palavra ‘amo-te’ não digo. O Rodrigo é a única pessoa a quem eu consigo dizer amo-te!”. E é mesmo isto que fica de João Ricardo, o amor.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as notícias dos famosos, realeza, moda e as mulheres mais elegantes.

O mundo das celebridades com fotos, vídeos e noticias de atores, atrizes e famosos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Fama ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório