Meteorologia

  • 13 DEZEMBRO 2017
Tempo
11º
MIN 10º MÁX 12º

Edição

"No dia a seguir ao parto o meu peso era o mesmo que antes de engravidar"

Três semanas depois de ser mãe, Júlia Belard partilhou no Instagram um desabafo sobre a maternidade.

"No dia a seguir ao parto o meu peso era o mesmo que antes de engravidar"
Notícias ao Minuto

09:57 - 17/07/17 por Notícias Ao Minuto

Fama Revelação

Júlia Belard foi mãe pela primeira vez no dia 27 de junho e, desde então, tem vindo a dividir algumas experiências sobre a maternidade nas redes sociais. Este domingo, dia 16, a atriz partilhou com os seguidores um desabafo sobre as mudanças que ocorreram no seu copo desde a gravidez ao pós-parto.

“Nos primeiros sete meses de gravidez não me preocupei minimamente com as possíveis mudanças do corpo. Estamos a viver um momento tão especial que não há espaço para isso. No fim do sexto mês tinha engordado 2kg o que me deixou relativamente preocupada e, por isso, comecei a comer muito mais.”, começou por escrever.

Mais à frente, a recém-mamã fez questão de desmistificar alguns medos associados à gravidez e lembrou que, apesar de não ter registado um grande aumento de peso, a saúde do seu bebé nunca esteve em risco.

“Ainda assim, e mostrando como a maioria das coisas que se dizem absolutas sobre gravidez e pós-parto não passam de ideias pré-concebidas que nem sempre correspondem à realidade, o meu bebé estava no percentil 75, a crescer lindamente.”, afirmou.

“Ou seja, não é por ter engordado menos que o meu bebé não estava óptimo”.

Júlia acompanhou o seu texto com uma montagem fotográfica onde compara como estava o seu corpo durante a gravidez e como está agora. Na imagem mais recente, a atriz surge visivelmente mais magra revelando que já está em forma.

“Bom, no dia a seguir ao parto o meu peso era exatamente o mesmo que antes de engravidar e uma semana depois estava ainda mais magra.”, confessou.

“O corpo não volta exatamente à forma original de um dia para o outro, eu própria tenho flacidez e outras imperfeições mas o que posso dizer e o que gostava de ter ouvido é que com uma gravidez, um parto e um pós-parto perfeitamente comuns e normais como os que tive também se espera uma recuperação normal”.

Júlia Belard contou ainda que acredita que a fase mais difícil será agora, com a amamentação e a falta de tempo. Contudo, a atriz mostra-se confiante e cheia de força de vontade.

“Acredito que a parte mais difícil chega agora, com a fome que a amamentação traz e a falta de tempo que temos para nós, conseguir manter a forma não será tarefa fácil. No entanto, tenho a certeza que com muito trabalho e vontade tudo é possível”, concluiu.

Nos primeiros sete meses de gravidez não me preocupei minimamente com as possíveis mudanças do corpo. Estamos a viver um momento tão especial que não há espaço para isso. No fim do sexto mês tinha engordado 2kg o que me deixou relativamente preocupada e, por isso, comecei a comer muito mais. Ainda assim, e mostrando como a maioria das coisas que se dizem absolutas sobre gravidez e pós-parto não passam de ideias pré-concebidas que nem sempre correspondem à realidade, o meu bebé estava no percentil 75, a crescer lindamente. Isto mostra que muito embora os estudos apontem para cerca de 9kg a 12kg ganhos durante uma gravidez saudável numa mulher com IMC (índice de massa corporal) normal, cada caso é um caso e nem tudo é linear. Ou seja, não é por ter engordado menos que o meu bebé não estava óptimo. Já perto dos 9 meses tinha ganho 6kg e comecei a assustar-me com as possibilidades. Vi e ouvi muitos depoimentos tristes de como o corpo muda e nunca mais volta ao lugar. Ao mesmo tempo parece haver uma pressão cada vez maior da sociedade para estarmos sempre em forma e no nosso melhor. Bom, no dia a seguir ao parto o meu peso era exatamente o mesmo que antes de engravidar e uma semana depois estava ainda mais magra. Claro que há uma série de factores que condicionam esta evolução, como a idade, genética, antecedentes, tipo de parto, amamentação, por aí fora. O corpo não volta exatamente à forma original de um dia para o outro, eu própria tenho flacidez e outras imperfeições mas o que posso dizer e o que gostava de ter ouvido é que com uma gravidez, um parto e um pós-parto perfeitamente comuns e normais como os que tive também se espera uma recuperação normal. Acredito que a parte mais difícil chega agora, com a fome que a amamentação traz e a falta de tempo que temos para nós, conseguir manter a forma não será tarefa fácil. No entanto, tenho a certeza que com muito trabalho e vontade tudo é possível 

Uma publicação partilhada por Júlia Mantero Belard (@jbelard) a Jul 16, 2017 às 11:18 PDT

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as notícias dos famosos, realeza, moda e as mulheres mais elegantes.

O mundo das celebridades com fotos, vídeos e noticias de atores, atrizes e famosos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Fama ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório