Meteorologia

  • 14 JUNHO 2024
Tempo
17º
MIN 15º MÁX 26º

Imagens de videovigilância mostram Sean Diddy Combs a agredir ex-namorada

No vídeo, o rapper atira Cassie Ventura ao chão e pontapeia-a.

Imagens de videovigilância mostram Sean Diddy Combs a agredir ex-namorada
Notícias ao Minuto

09:41 - 18/05/24 por Notícias ao Minuto

Fama Sean Diddy Combs

A CNN Internacional teve acesso a imagens de videovigilância que mostram Sean Diddy Combs a agredir a ex-namorada Cassie Ventura, a cantora com quem namorou durante onze anos e que em 2023 o acusou de violação.

O vídeo, que poderá ver abaixo, remonta a  de março de 2016, quando o ainda casal se encontrava hospedado no hotel InterContinental, em Los Angeles, Estados Unidos da América. O rapper surge a correr em direção a Cassie, agarrando-lhe depois os cabelos e atirando-a para o chão com extrema violência.

Cassie Ventura, que tentava entrar num elevador, ficou deitada no chão após as agressões e ainda foi pontapeada pelo artista.

A CNN Internacional garante ter tentado contactar Sean Diddy Combs, mas este recusou prestar declarações.

No processo movido por Cassie Ventura contra Combs pode ler-se que o cantor estava embriagado durante as agressões em causa. É ainda acusado de ter pagado ao hotel InterContinental 50 mil dólares pelas imagens de videovigilância agora tornadas públicas.

Abaixo poderá ver o vídeo supra mencionado. Alertamos para a violência destas imagens, que poderão ferir a suscetibilidade dos leitores mais sensíveis.

Notícias ao Minuto Cassie Ventura à esquerda e Sean Diddy Combs à direita
© Getty Images  

Leia Também: Morreu Dabney Coleman, ator de '9 to 5' e 'Tootsie'. Tinha 92 anos

Recomendados para si

;

Receba as notícias dos famosos, realeza, moda e as mulheres mais elegantes.

O mundo das celebridades com fotos, vídeos e noticias de atores, atrizes e famosos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Fama ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório