Meteorologia

  • 24 MAIO 2024
Tempo
14º
MIN 13º MÁX 25º

Morreu O.J. Simpson, estrela do desporto que esteve preso por homicídio

O antigo jogador de futebol americano O. J. Simpson, que foi absolvido da acusação de duplo homicídio num dos julgamentos mais mediáticos realizados nos Estados Unidos, morreu na quarta-feira, aos 76 anos.

Morreu O.J. Simpson, estrela do desporto que esteve preso por homicídio
Notícias ao Minuto

15:40 - 11/04/24 por Mariline Direito Rodrigues com Lusa

Fama OJ Simpson

O.J. Simpson, uma das personalidades norte-americanas mais controversas da esfera pública, morreu na quarta-feira, 10 de abril, aos 76 anos. 

O falecimento do ex-jogador, nascido em São Francisco, em 9 de julho de 1947, foi confirmado esta quinta-feira através de um comunicado publicado nas redes sociais pela família.

"No dia 10 de abril, o nosso pai, Orenthal James Simpson, sucumbiu à batalha contra o cancro. Estava rodeado dos filhos e netos. Durante este tempo de mudança, a família que se respeitem os seus desejos de privacidade", pode ler-se.

Note-se que O.J. estaria a batalhar contra um cancro na próstata, que piorou nos últimos meses.

A carreira de enorme sucesso no futebol americano fez de O. J. Simpson foi uma das primeiras estrelas negras nos Estados Unidos, mas o antigo jogador será sempre lembrado pelo 'julgamento do século', no qual respondeu pela morte da ex-mulher e de um amigo.

Em 1995, O. J. Simpson foi ilibado dos crimes de homicídio de Nicole Brown e de Ronald Goldman, cometidos em Los Angeles, um veredicto controverso, que continua a suscitar muitas dúvidas nos Estados Unidos, quase 30 anos depois de ter sido proferida a sentença.

"Não sou negro, sou O. J.", costumava dizer o antigo 'running back', figura maior durante vários anos da Liga Norte-americana de Futebol (NFL), o que lhe proporcionou fama e fortuna, tendo-lhe mesmo aberto as portas de uma nova carreira, de ator, em Hollywood.

A queda abrupta de O. J. Simpson foi transmitida em direto na televisão, que acompanhou a perseguição policial que conduziu à sua detenção e seguiu depois, avidamente, todas as incidências do julgamento, monopolizado pela componente racial.

Em 2007, voltou a enfrentar problemas com a justiça ao ser preso em Las Vegas após acusações de crimes como assalto à mão armada, sequestro e formação de quadrilha. Na altura foi condenado a 33 anos de cadeia, tendo sido liberto em 2017 sob liberdade condicional.

[Notícia atualizada às 17h06]

Leia Também: Morreu antigo campeão de sumo de origem haviana Akebono

Recomendados para si

;

Receba as notícias dos famosos, realeza, moda e as mulheres mais elegantes.

O mundo das celebridades com fotos, vídeos e noticias de atores, atrizes e famosos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Fama ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório