Meteorologia

  • 22 FEVEREIRO 2024
Tempo
15º
MIN 12º MÁX 18º

"Sofrem como nós. O fado e o sertanejo andam coladinhos"

O Fama ao Minuto esteve à conversa com a dupla sertaneja a poucos dias de um concerto em Lisboa, que será gravado para um DVD.

Aos 11 anos, as gémeas Maiara e Maraisa já cantavam, compunham e tocavam vários instrumentos. Tinham todos os sonhos do mundo mas estavam longe de perceber que um dia se tornariam numa das maiores duplas de sertanejo. 

Para cimentar esse estatuto precisaram apenas de cerca de sete anos, de músicas que ficam no ouvido e de parcerias que muito contribuíram para que se dessem a conhecer ao público. A maior, sem dúvida, é a conhecida 'Festa das Patroas', que contava com Marília Mendonça, a amiga que sempre trataram como irmã.

O projeto terminou sem que muitos dos planos chegassem a acontecer. A morte inesperada de Marília deixou Maiara e Maraisa desamparadas, mas as irmãs recusam-se a deixar desaparecer a voz da amiga. Por isso mesmo, querem homenageá-la em todos os palcos que pisam, o que irá acontecer também já no próximo dia 3 de fevereiro, no Sagres Campo Pequeno, o sítio que escolheram para a gravação de um novo DVD, e no Porto, no dia seguinte, na Super Bock Arena.

"Os fãs da Marília serão para sempre os nossos fãs, onde formos, vamos levar esse legado e o que pudermos fazer para lembrá-la, vamos fazer", contaram ao Fama ao Minuto após uma conferência de imprensa onde explicaram também a decisão de filmar o concerto que vão dar em Lisboa.

Por que motivo decidiram gravar este DVD por cá?

Maraisa: Quando atuamos lá fora, talvez a barreira ainda seja a língua, e facilita quando estamos em Portugal, porque falamos a mesma língua e o entendimento é mais fácil. Nos nossos números, já vemos que o segundo país que mais ouve Maiara & Maraisa é Portugal, é concreto. É a visão da construção de uma carreira internacional mas de forma tranquila, sólida e que está dentro da nossa agenda.

O que podemos esperar deste espetáculo?

Maiara: Vai ser um DVD cheio de emoção.
Maraisa: Já vínhamos pensando neste DVD há algum tempo, não veio do nada. É o nosso primeiro DVD orquestrado, nunca imaginámos uma dupla sertaneja feminina com um DVD orquestrado em Portugal [risos].
Maiara: A Marília Mendonça sempre teve essa visão de levar o sertanejo para o mundo e quando estávamos as três juntas falávamos muito de gravar em Portugal. Ela também tinha um projeto para gravar aqui e de certeza que o que estamos cá a fazer está levando também o nome dela, é a continuidade das coisas com que a gente sonhou. Tínhamos pensado fazer uma tournée internacional, que iria começar no Brasil e ia passar pela Europa e pelos Estados Unidos da América, e a gente continua esse legado. Não tem como chegar aqui e não lembrar desses sonhos que sonhámos juntas.
Maiara: Vamos cantar os grandes hits da Maiara & Maraisa e os da 'Festa das Patroas' orquestrados. Quem conhece a gente, conhece a Marília Mendonça.

E há alguma surpresa preparada?

Maraisa: Os arranjos são todos diferentes. Temos uma surpresa especial: a orquestra é composta por mulheres. São 20 mulheres. Eu fico emocionada porque ao passar o oceano começou a cair a ficha. Olhei pela janela e vi o cenário que a gente está vivendo. Já me deu dores de barriga, já chorei, já me emocionei e vou continuar a emocionar-me.

O fado e o sertanejo andam coladinhos

Já conhecem o Campo Pequeno, o palco que irão pisar neste concerto gravado?

Maraisa: Uma vez tentei entrar no Campo Pequeno, tentei fazer uma visita e não consegui. Agora vamos voltar lá para gravar um espetáculo. Estamos aqui realizando o nosso sonho. Desculpem por estar emocionada mas é um momento de vitória. A minha família está aqui hoje, está faltando o meu pai... queria muito que o meu pai estivesse aqui hoje mas ele está lá [no Brasil], vivendo um momento delicado, mas vai dar tudo certo. É um DVD empoderado, com músicas que são todas 'dedo na cara'.
Maiara: Uma das músicas vai chamar-se 'Narcisista', por isso já conseguem ver.
Maraisa: Recebi mensagens de homens a perguntar-me 'porquê uma música dessas?', e recebi de outros a dizer 'essa música devia ter o meu nome'.
Maiara: Essa é a realidade do brasileiro!

O que conhecem da música portuguesa?

Maiara: Eu já andei escutando umas músicas portuguesas, de fado e disse 'caramba, eles sofrem como nós [brasileiros]'. O fado e o sertanejo andam coladinhos.

E está nos vossos planos convidarem um cantor português para uma parceria?

Maiara: Sim, vamos fazer isso, vai ser outra realização de um sonho. Queríamos fazer isso já agora mas não queremos gastar já as fichas todas.

Já têm algum nome em mente?

Maiara: Ainda não, mas vai ser alguém sensacional, de quem todo o mundo gosta.

Este DVD será o primeiro de muitos momentos lindos aqui em Portugal

Ainda em relação a Portugal, do que mais gostam do nosso país?

Maraisa: Dos fãs e da comida! Os fãs recebem-nos com muito carinho, são super prestáveis. Ao mesmo tempo comemos muito bem, é uma gastronomia muito próxima da nossa.

Que iguarias já provaram?

Maiara: O pastel de Belém!
Maraisa: Ainda não comi o bacalhau mas estamos ansiosas para comer.
Maiara: Todo o mundo no Brasil nos pergunta se já comemos o bacalhau.

E quando cá vêm sentem o reconhecimento do público português?

Maraisa: Os fãs daqui são muito queridos, temos sido muito bem recebidas. Só podemos agradecer esse respeito e esse carinho por nós e pela nossa música. Este DVD será o primeiro de muitos momentos lindos aqui em Portugal.

Como se sentem quando se cruzam com os brasileiros que emigraram para outros países?

Maiara: Ficamos carregadas de emoções por vermos essas pessoas que estão aqui na luta. A comunidade brasileira é muito guerreira. Nós defendemos muito o sertanejo e, para mim, o sertanejo é a cara do Brasil, da nossa luta e da nossa garra.

Uma das músicas que serviu como 'rampa de lançamento' para a vossa dupla foi a 'Medo Bobo'. O que nos podem contar sobre a criação desse tema?

Maraisa: As pessoas acham que é uma música de amantes, mas não é. São duas pessoas, uma delas estava confusa num relacionamento e a outra pessoa quer que ela termine, porque está esperando, e porque não há motivo para ter esse medo bobo. As pessoas, por vezes, têm medo de assumir sentimentos e relações e essa música fala disso, para não ficarmos a pensar muito. Se for para fazer, faça agora e faça direito.

Leia Também: "Os fãs da Marília Mendonça serão para sempre os nossos fãs"

Recomendados para si

;

Receba as notícias dos famosos, realeza, moda e as mulheres mais elegantes.

O mundo das celebridades com fotos, vídeos e noticias de atores, atrizes e famosos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Fama ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório