Meteorologia

  • 16 SETEMBRO 2021
Tempo
19º
MIN 18º MÁX 28º

Edição

João Maria Pinto: A cirurgia à cabeça, ao pulmão, a depressão e o enfarte

O ator já passou por vários sustos de saúde, como recordou no 'Dois às 10'.

João Maria Pinto: A cirurgia à cabeça, ao pulmão, a depressão e o enfarte
Notícias ao Minuto

13:25 - 29/07/21 por Notícias ao Minuto 

Fama João Maria Pinto

Há vários anos, João Maria Pinto sofreu de uma profunda depressão. Uma fase da sua vida que recordou em conversa com Maria Botelho Moniz e Cláudio Ramos esta quinta-feira.

“Eu não diagnostiquei nada. A dada altura, eu não estava cá. A depressão era cada vez mais profunda, era capaz de passar um dia inteiro sentado a olhar para o nada. Não sentia absolutamente nada de nada”, confessou. “Eu não estava cá, não existia, não tinha sentido a vida”, continuou.

A depressão começou mais de um ano antes de ser operado de urgência à cabeça. Segundo o ator, “tinha uma má formação arteriovenosa”. “De nascença, os vasos capilares começam a entrelaçar-se e vão formar um novelo, uma massa que só se revela por epilepsia a partir dos 40 anos. Foi o que me aconteceu a mim”, explicou.

E foi quando teve um ataque de epilepsia que descobriu que tinha de ser operado.

Sobre o facto de ter tido a depressão, acrescentou: “É por causa disto. Aquilo começa a fazer pressão numa determinada zona do cérebro que apaga tudo, memória, humor…”.

“O engraçado é que depois de me tirarem o ‘chouriço’, eu automaticamente comecei a dizer: ‘Eu já me lembro de tudo’. Foi nascer outra vez”, recordou.

Mais tarde, foi submetido a uma cirurgia ao pulmão. “Tinha um nódulo”, contou no programa ‘Dois às 10’, da TVI.

Anos depois, em 2012, foi para o hospital após ter sofrido um enfarte. E em todas as intervenções cirúrgicas a que foi sujeito, diz, “nunca teve medo”. “Confio sempre na medicina. Há sempre um otimismo da minha parte em relação à sala de operações”, afirmou.

Por sua vez, uma das filhas, Carolina Picoito Pinto, que também marcou presença no programa, disse: “O meu pai é um sobrevivente, completamente. Lá em casa eu sou toda biológica e depois penso: O meu pai, se não fosse a química, não estava aqui. Ele esteve em coma imenso tempo”.

“Ele fala disto e não conta pormenores nenhuns. Ele ficou em coma imenso tempo e ficou um vegetal imenso tempo. Esse problema ficou para o resto da vida, o meu pai é um reflexo também disso. E depois teve um problema também muito grave no pulmão. Achou-se sempre que era maligno, mas depois, no bloco, o médico veio aos gritos cheio de sangue dizer que era benigno”, lembrou.

Sinto que o meu pai é muito frágil, e não é. Ele sabe isto. Eu cuido muito dele. Já aconteceu eu ter de cuidar do meu pai e já adulta, e foi uma sensação mesmo violenta. Já aconteceu comigo os papéis inverterem-se. Tenho sempre essa constante preocupação de perceber se o meu pai está bem”, rematou.

Leia Também: "É muito revoltante para nós que temos que pagar as contas no fim do mês"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as notícias dos famosos, realeza, moda e as mulheres mais elegantes.

O mundo das celebridades com fotos, vídeos e noticias de atores, atrizes e famosos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Fama ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório