Meteorologia

  • 12 ABRIL 2021
Tempo
15º
MIN 9º MÁX 20º

Edição

"Apesar de sermos mulheres, podemos fazer bricolage em casa com sucesso"

Mafalda Sampaio esteve infetada com Covid-19, mas não deixou que a doença lhe cortasse as asas. Em conversa com o Notícias Ao Minuto, contou-nos como viveu a experiência e como está a aproveitar o período de confinamento.

"Apesar de sermos mulheres, podemos fazer bricolage em casa com sucesso"

Mafalda Sampaio foi diagnosticada com Covid-19 em janeiro e viu-se obrigada a uma quarentena de 10 dias numa das divisões de sua casa. Os sintomas ligeiros não lhe retiraram por completo a energia e, dentro do seu closet, deixou a imaginação voar.

Isolada da filha, Madalena, de dois anos, e do namorado, Guilherme, como é que uma das mais populares influenciadoras digitais em Portugal aproveitou as longas horas sozinha? Em conversa com o Notícias Ao Minto, Mafalda Sampaio contou-nos tudo sobre este período desafiante.

Quando foi diagnosticada com Covid-19, o que é que pensou imediatamente?

Foi no dia 18 de janeiro de 2021. Fiquei com algum medo de como iria reagir ao vírus.

Seguiram-se dez dias em isolamento no seu closet. Estar em confinamento em casa é já um desafio, como é estar fechada numa só divisão?

Estava com medo de transmitir o vírus ao Guilherme e à Madalena, por isso preferi ficar isolada no meu espaço. Não foi horrível, sou muito grata por não ter tido praticamente sintomas, então aproveitei para fazer alguns cursos online e ler.

Como é que a Madalena lidou com a situação?

Percebeu que eu não podia sair, mas todos os dias me perguntava se era hoje que podia estar comigo.

Além dos cursos online que realizou, como combatia as longas horas nesses dez dias?

Durante esse período tive muito sono, aproveitei para dormir e planear tudo o que queria fazer mal saísse do closet. Comecei a planear a remodelação da minha casa de banho e terminar a decoração do quarto da Madalena.

Além de atividades com a sua filha, tem aproveitado para ‘pôr as mãos à obra’ em reformulações em casa. Quis mostrar aos seguidores que, ao estar em casa, existe um mundo de ocupações interessantes?

Sempre gostei muito de fazer este tipo de coisas, é uma boa maneira de nos distrairmos e não pensar em mais nada. Temos de nos focar no que estamos a fazer, acaba por ser uma espécie de momento relaxante, apesar de dar algum trabalho.

Pedem-lhe conselhos?

Sim, pedem referências de tintas e de alguns materiais. Acima de tudo, gosto que as mulheres que me seguem percebam que apesar de sermos mulheres podemos fazer com sucesso todos estes DIY e bricolage em casa.

Quais são as próximas ideias que quer pôr em prática?

Quero acabar a casa de banho de visitas e seguir para a outra casa de banho, mais tarde vou até à cozinha. Gosto de pintar, colocar papel de parede e dar aso à imaginação. Se não gostar de alguma coisa, logo mudo.

Está nos planos um projeto que espelhe este gosto pela bricolage?

Não está, mas começo a achar que devia!

Quais são as contas de Instagram que mais tem seguido neste confinamento?

Não tenho consumido muitas horas de Instagram, porque passo muito tempo ocupada com atividades com a minha filha e nas 'lides' da casa! Mas ao final do dia gosto sempre de espreitar algumas contas como a da Alice Trewinnard, Inês Mocho, Sofia Barbosa, Madalena Abecassis, Pipoca Mais Doce, Rita Ferro Alvim, Minnie Mars, entre outras.

É uma acérrima espectadora do ‘Big Brother’. Que outros programas estão no seu ‘top 5’, atualmente?

Esse é sem dúvida o meu guilty pleasure, ao final do dia depois do jantar, acabo sempre por espreitar o que se passa na casa mais vigiada do país. Adoro ver 'The Voice Kids' também… tirando isso e o Telejornal, não vejo mais nenhum programa de televisão.

Tendo uma relação de tantos anos e agora com uma criança, o que considera ser o maior desafio que a pandemia coloca às famílias?

O maior desafio acredito que seja a gestão de tarefas. Aulas online, preparação de refeições, arrumar a cozinha, manter a casa limpa e arrumada, lavar roupa, gerir banhos e atividades com os mais pequenos e... pelo meio trabalhar. Não é fácil e só tenho uma filha!

Já revelou por diversas vezes que gostaria de aumentar a família. É um dos objetivos a curto prazo?

Gostava, sim, mas acredito que ainda não é o timing certo.

Para onde deseja ir assim que terminar a quarentena?

Trabalhar! Sinto que não consigo desenvolver novos projetos por estar confinada e ter de dividir a minha atenção com a minha filha, que adoro, mas é realmente difícil conciliar.

Leia Também: Mafalda Sampaio de cara lavada após ver vídeo de 'Bumba na Fofinha'

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as notícias dos famosos, realeza, moda e as mulheres mais elegantes.

O mundo das celebridades com fotos, vídeos e noticias de atores, atrizes e famosos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Fama ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório