Meteorologia

  • 05 MARçO 2021
Tempo
12º
MIN 10º MÁX 16º

Edição

Maria Vieira critica José Carlos Malato: "Criatura infeliz e mal amada"

Depois do comunicador da RTP1 se mostrar desiludido por muitos alentejanos terem votado em André Ventura.

Maria Vieira critica José Carlos Malato: "Criatura infeliz e mal amada"

Maria Vieira usou a sua conta de Facebook para tecer duras críticas a José Carlos Malato depois do apresentador se afirmar desiludido com os alentejanos devido à quantidade de votos em André Ventura que se verificaram nesta região nas passadas eleições presidenciais.

Não ficando indiferente a isto, a atriz notou:

"E depois vem esta criatura infeliz e mal amada, vem este Malato que nada realiza, que nada produz e para que nada serve, vem este 'animador' de pantalha que vive à custa do dinheiro público, do dinheiro suado pelos mesmos que agora insulta, vem esta personagem de olhos tristes e vazios, afirmar publicamente que 'o Alentejo é uma vergonha'", nota.

"É absolutamente inadmissível que a RTP, uma emissora pública que é financeiramente suportada pelos impostos do povo português, ainda permita que esta criatura, esta personagem inenarrável, integre os seus quadros profissionais e tenha ainda a audácia de mostrar a cara nos ecrãs que são olhados pelas vítimas dos seus inusitados insultos, da suas ásperas ofensas e das suas vergonhosas injúrias!", defende.

"Não, o Alentejo não é uma vergonha. E sim, o povo alentejano tem memória.
Viva o Alentejo. Viva Portugal", completou.

Leia Também: Malato: "O Alentejo é uma vergonha. Sou lisboeta a partir de hoje"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as notícias dos famosos, realeza, moda e as mulheres mais elegantes.

O mundo das celebridades com fotos, vídeos e noticias de atores, atrizes e famosos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Fama ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório