Meteorologia

  • 05 MARçO 2021
Tempo
12º
MIN 10º MÁX 16º

Edição

Há mais famosos a aderirem a #VermelhoemBelém: "Pela democracia"

Inês Herédia e Pedro Crispim foram alguns dos nomes a aderir nas últimas horas ao movimento.

Há mais famosos a aderirem a #VermelhoemBelém: "Pela democracia"

O movimento #VermelhoemBelém foi criado no seguimento de um insulto do candidato às eleições presidenciais André Ventura à também candidata Marisa Matias e tem nas últimas horas conquistado um vasto leque de apoiantes.

#VermelhoemBelem é a hashtag utilizada por apoiantes de Marisa, internautas indignados com a postura de André Ventura, deputados, candidatos às presidenciais, como é o caso de Ana Gomes, e outras figuras públicas.

Depois de Rita Ferro Rodrigues, também Inês Herédia e Pedro Crispim usaram as suas redes sociais para se mostrarem apoiantes desta causa.

"Para a direita, para a esquerda ou para a frente. Mas nunca para trás. Pela democracia e pela constituição. Pela alegria, o combate ao ódio faz-se de #batomvermelho, sorriso na cara e com o coração cheio de amor", escreve Inês Herédia ao mostrar-se nas redes sociais de batom vermelho.

Jessica Athayde foi outra das celebridades a posar para a foto com o seu batom vermelho.

Por sua vez, Pedro Crispim partilhou uma fotografia de lábios vermelhos e utilizou a hashtag: #vermelhoembelem.

Gisela João usou o Twitter para partilhar o seu apoio a este movimento.

Cláudia Clemente, escritora e realizadora portuguesa não faltou à chamada e também ela posou com o seu melhor batom vermelho.

Leia Também: Rita Ferro Rodrigues adere a #VermelhoemBelém: "Contra o ódio"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as notícias dos famosos, realeza, moda e as mulheres mais elegantes.

O mundo das celebridades com fotos, vídeos e noticias de atores, atrizes e famosos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Fama ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório