Meteorologia

  • 21 JANEIRO 2021
Tempo
14º
MIN 12º MÁX 16º

Edição

Rita Pereira questiona medidas de confinamento: "Está tudo maluco?"

A atriz lamentou que o setor da Cultura tenha encerrado.

Rita Pereira questiona medidas de confinamento: "Está tudo maluco?"

À semelhança do que tem acontecido desde ontem com várias figuras públicas, também Rita Pereira usou a sua conta de Instagram para questionar as medidas decididas pelo governo para o novo confinamento, mais precisamente no que ao setor da Cultura diz respeito.

"Aproveito para perguntar publicamente porque é que posso levar o meu filho a uma missa cheia de gente, onde provavelmente não será cumprido o distanciamento social, sendo que os bancos são corridos, e NÃO POSSO levar o meu filho a ver uma peça de teatro, a um museu, a uma galeria de arte, um concerto, um filme no cinema. Mas está tudo maluco?!", questiona.

"Vamos mesmo matar a cultura em Portugal?! Vamos mesmo deixar à fome centenas de pessoas que trabalham para nos fazerem felizes?! Sim, porque muitos de nós sobrevivemos psicologicamente ao confinamento graças à cultura", defende.

Ver esta publicação no Instagram

Uma publicação partilhada por Rita Pereira (@hyndia)

"Por favor, por favor, que o Ministério da Cultura tome medidas que atenuem o agravamento de uma situação que nada mais é que catastrófica. Aguardamos esperançosos", completa.

Leia Também: "Haverá casos de pobreza extrema, fome, gente a ficar sem casa"

Leia Também: "Morre-se do incumprimento. Morre-se da ignorância. Morre-se sem teatro"

Leia Também: Sara Barradas revela novas fotos com a filha, a encantadora Lua

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as notícias dos famosos, realeza, moda e as mulheres mais elegantes.

O mundo das celebridades com fotos, vídeos e noticias de atores, atrizes e famosos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Fama ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório