Meteorologia

  • 28 SETEMBRO 2020
Tempo
18º
MIN 15º MÁX 27º

Edição

Nuno Jesus chora morte do avô: "Teve um AVC e foi despachado para casa"

O avô do ex-'Casa dos Segredos' voltou a ser internado no hospital, onde acabou por morrer dias depois.

Nuno Jesus chora morte do avô: "Teve um AVC e foi despachado para casa"

Nuno Jesus, ex-concorrente do programa 'Casa dos Segredos', da TVI, sofreu esta quinta-feira uma das perdas mais dolorosas da sua vida. Morreu o seu avô, António Lourenço da Silva.

Num testemunho carregado de "muita dor", Nuno partilhou com os seus seguidores do Instagram a notícia que lhe partiu o coração.

"É com muita dor que me despeço do meu querido avô. Nunca estamos preparados para a partida dos que mais amamos, por muito que nos custe aceitar somos obrigados a assistir a um sentimento de impotência que nos consome o corpo e a mente. Se já é doloroso ver os nossos a partir, pior ainda é quando estamos nesta época de pseudo pandemia em que nos querem obrigar a estar separados nos últimos dias de vida", começou por escrever o ex-'Casa dos Segredos', que se mostra revoltado com as medidas de distanciamento social e, particularmente, com a atuação dos médicos no caso específico do problema de saúde que ditou a morte do seu avô. 

"O meu avô teve um AVC grave e profundo e foi despachado para casa sem nenhum médico ter avisado a família do seu estado grave de saúde. Como era de esperar, passado um dia dava entrada outra vez de urgência no hospital de Santo António,onde esteve internado vários dias até que veio a falecer esta noite", lamenta, terminando o seu desabafo com uma mensagem dirigida diretamente ao homem que o ajudou a crescer. 

"Meu avô, só te quero dizer que fui feliz contigo, dizer-te que te amo e pedir desculpa por esta sociedade de merda em que vivemos. Nunca te abandonámos e lutamos sempre que foi possível e, como tu viste, consegui olhar-te nos olhos e dizer-te aquilo que foi a nossa vida. Fizeste de mim um homem. Obrigado por tudo que me deste, meu avô rebelde que eu amo tanto. Um até já, António Lourenço da silva", completou. 

Ver essa foto no Instagram

É com muita dor que me despeço do meu querido avô. Nunca estamos preparados para a partida dos que mais amamos, por muito que nos custe aceitar somos obrigados a assistir a um sentimento de impotência que nos consome o corpo e a mente. Se já é doloroso ver os nossos a partir pior ainda é quando estamos nesta época de pseudo pandemia em que nos querem obrigar a estar separados nos últimos dias de vida. O que vos quero dizer é que independentemente das pandemias não deixem que vos afastem dos vossos pais , avós ou familiares, não consintam tudo o que vos dizem. Foram meses difíceis em que só havia visitas de 15 em 15 dias para os familiares que estão nos lares, por um vidro. Se já é difícil quando se está no lar imaginem no hospital em que parece ser tudo ainda mais difícil. Lutem por aqueles que são do vosso sangue. Por muitas restrições que me foram impostas consegui estar com ele, consegui tocar, falar e olhar nos olhos para me despedir. Não desistam porque é possível! Não comam tudo o que vos dizem nos hospitais, não comam a história do covid que é desculpa para tudo. Batalhem, lutem... há sempre uma solução para uma última vez, porque nos hospitais alguns (nem todos) vão sempre despachar, porque para eles è apenas mais um turno, mas para nós é o nosso sangue!!! Digo isto com uma revolta porque nem todos os médicos estão lá pela missão, mas graças a Deus alguns ainda estão! E é para esses médicos e profissionais de saúde que merecem ser realmente aquilo que são. O meu avô teve um AVC grave e profundo e foi despachado para casa sem nenhum médico ter avisado a família do seu estado grave de saúde. Como era de esperar passado 1 dia dava entrada outra vez de urgência no hospital de Santo António onde esteve internado vários dias até que veio a falecer esta noite. Meu avô só te quero dizer que fui feliz contigo, dizer-te que te amo e pedir desculpa por esta sociedade de merda em que vivemos. Nunca te abandonamos e lutamos sempre que foi possível e como tu viste consegui olhar-te nos olhos e dizer-te aquilo que foi a nossa vida. Fizeste de mim um homem. Obrigado por tudo que me deste, meu avô rebelde que eu amo tanto. Um até já, António Lourenço da silva.

Uma publicação compartilhada por  (@nunojesus7) em 6 de Ago, 2020 às 3:15 PDT

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as notícias dos famosos, realeza, moda e as mulheres mais elegantes.

O mundo das celebridades com fotos, vídeos e noticias de atores, atrizes e famosos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Fama ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório