Meteorologia

  • 19 SETEMBRO 2019
Tempo
19º
MIN 17º MÁX 27º

Edição

'A Pipoca Mais Doce' comenta sequestro no Brasil e tece elogios ao país

Em causa está a notícia de um autocarro de passageiros que esteve sob sequestro no Rio de Janeiro, esta terça-feira.

'A Pipoca Mais Doce' comenta sequestro no Brasil e tece elogios ao país
Notícias ao Minuto

18:22 - 20/08/19 por Rita Alves Correia 

Fama Sequestro no Rio de Janeiro

Um autocarro com 37 passageiros esteve sob sequestro no Rio de Janeiro, esta terça-feira. O episódio terminou com a morte do sequestrador, atingido pelo disparo de um sniper. A notícia rapidamente se tornou destaque nos quatro cantos do mundo e mereceu o comentário de Ana Garcia Martins, autora do blog 'A Pipoca Mais Doce'. 

Através das redes sociais, a digital influencer recordou as viagens que realizou ao país irmão com uma vénia à beleza do país.

Ana recorda que, das várias experiências que teve, apenas uma ficou marcada por um episódio de violência: Foi assaltada e levaram-lhe um fio que tinha ao pescoço. 

Com isto, a blogger decidiu comentar o trágico acontecimento que marcou a atualidade desta terça-feira.

"Todos os dias leio notícias sobre a violência no Brasil, hoje foi só mais um episódio com o sequestro na ponte de Niterói. E tenho vários amigos brasileiros a sair do país porque se cansaram de ter medo. Dizem que não é vida, e eu percebo porque, apesar de todas as coisas más que temos (e são muitas), ainda vivemos em segurança por aqui", afirmou.

Ainda que se mostre solidária com todos os que diariamente lidam com episódios de violência, apela para que seja dada a atenção devida à conjuntura social do país para que prevaleçam as qualidades que este tem de melhor, como a "beleza" e "energia".

"Tenho mesmo muita pena, porque o Brasil é um país do caraças onde quero voltar sempre. Este post não é, de todo, um 'não vão para o Brasil'. É um 'vão, mas estejam atentos', mas é sobretudo um 'que se faça alguma coisa, porque este país merece mais'", rematou.

Na primeira vez que fui ao Rio de Janeiro disse ao homem que queria ir para lá morar. Caiu-me o queixo com a beleza da cidade, com a energia, com a simpatia de toda a gente e, vá, com o pão de queijo e os brigadeiros. Ia cheia de alertas: “não leves nada de valor”, “não andes de táxi à noite”, “não andes sozinha”, “esconde o dinheiro no rabo”. E depois... cheguei e estava em casa. Nunca, em momento algum, me senti insegura, desconfiada, apreensiva. Na segunda vez fui ainda mais à vontade. Telemóvel para aqui, máquina fotográfica para ali, tudo na paz dos anjos. E à terceira vez... fui assaltada. Não porque descontraí ou porque deixei de estar atenta, apenas calhou. Domingo de manhã, pleno Fevereiro, praia do Leblon a rebentar pelas costuras. A passear com uma amiga à beira da água, um grupo de miúdos aproxima-se, um deles pára-me e arranca-me o único fio que tinha ao pescoço, assim de puxão. Era um fiozinho ridículo, mínimo, a única coisa que não tirei porque nunca achei que pudesse despertar interesse. Não reagi, não fosse o miúdo sacar de uma faquinha ou assim, limitei-me a pôr-me ao fresco. E pronto, acabou-se a minha sensação de segurança, passei o resto do tempo em estado de alerta, sempre a ver de onde poderia vir o perigo. Não é propriamente o que uma pessoa sonha para as férias. Agora em São Paulo senti-me completamente tranquila mas, de quando em vez, lá vinha a advertência, tipo “aqui é melhor guardares a máquina”. Mesmo em zonas que, à partida, me pareciam insuspeitas. Todos os dias leio notícias sobre a violência no Brasil, hoje foi só mais um episódio com o sequestro na ponte de Niterói. E tenho vários amigos brasileiros a sair do país porque se cansaram de ter medo. Dizem que não é vida, e eu percebo porque, apesar de todas as coisas más que temos (e são muitas), ainda vivemos em segurança por aqui. Tenho mesmo muita pena, porque o Brasil é um país do caraças onde quero voltar sempre. Este post não é, de todo, um “não vão para o Brasil”. É um “vão, mas estejam atentos”, mas é sobretudo um “que se faça alguma coisa, porque este país merece mais” 

Uma publicação partilhada por A Pipoca Mais Doce (@apipocamaisdoce) a 20 de Ago, 2019 às 9:11 PDT

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as notícias dos famosos, realeza, moda e as mulheres mais elegantes.

O mundo das celebridades com fotos, vídeos e noticias de atores, atrizes e famosos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Fama ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório