Meteorologia

  • 18 JULHO 2019
Tempo
26º
MIN 23º MÁX 30º

Edição

"Não são as celebridades que me vão apoiar, para celebridade já chego eu"

Estivemos à conversa com José Castelo Branco sobre o novo desafio da sua vida no mundo político.

"Não são as celebridades que me vão apoiar, para celebridade já chego eu"
Notícias ao Minuto

09:20 - 10/07/19 por Mariline Direito Rodrigues 

Fama José Castelo Branco

Esta semana, o Fama ao Minuto teve a oportunidade de falar com José Castelo Branco acerca da atual fase da sua vida cuja grande novidade é o anúncio de uma candidatura às próximas eleições legislativas. O socialite já criou o seu partido - o Movimento de Justiça de Portugal - para o qual ainda está a recolher assinaturas. 

Como é que está a Betty?

A Betty estava melhor mas vomitou imenso, mas agora está sob controlo, não era nada relacionado com o coração.

A cirurgia correu muito bem. O problema foi que ela estava a perder imenso sódio porque antes da cirurgia o médico mandou cortar o sal. Ela perdia muitos líquidos, estava a beber água a mais. Já está melhor e é capaz de ir para casa [ainda esta semana].

 Tenho de estar em todos os lados, tenho de ser omnipresente. É a loucuraAs suas pretensões em relação à política são mesmo para ir em frente?

Tenho de me desdobrar, tenho de ser um tigre, um leão, tudo [refere, uma vez que a sua vida tem sido uma autêntica correria]. Tenho de estar em todos os lados, tenho de ser omnipresente. É a loucura.

Já recolheu as assinaturas necessárias?

Estamos a começar agora com a recolha de assinaturas. Estou com deputados em todos os círculos, estou a formar isso tudo. Um dos motivos pelos quais vou a Londres [esta semana] é exatamente por isso.

É uma vergonha o que se passa no nosso país. Os muitos poderosos roubam, roubam, roubam e estão maravilhosos cá fora e até dão gargalhadasNão se incomoda com o facto de muita gente não o levar a sério?

Mas há muita gente que me leva a sério, a maioria dos meus votantes, não estou minimamente preocupado. Se não levarem só perdem. A missão é uma e quando meto alguma coisa na cabeça ninguém me tira. Estou decidido a ajudar as minhas pessoas, a ajudar o meu público. 

Perguntam-me: Qual é a sua cor política? Eu posso assinar por baixo uma coisa que o CDS tenha decidido, como a CDU. Não quero nem saber, desde que sejam corretosO que vem trazer de novo à política?

Primeiro acabar com a corrupção que já enjoa, já mete nojo estar a ouvir aquelas vergonhas todas do que se passa no nosso panorama político e social. É vergonhoso! Depois ninguém vai para a prisão. Vai o gordo do Presidente da Câmara, que parece um barril de pólvora, lá de Pedrógão [Valdemar Alves, constituído arguido no processo de reconstrução das casas destruídas durante o incêndio de 2017] e não põem na prisão os 'Berardos', os 'Sócrates' e essa gente toda... é uma vergonha o que se passa no nosso país. Os muitos poderosos roubam, roubam, roubam e estão maravilhosos cá fora e até dão gargalhadas. 

Não entendo que sociedade é a nossa, que justiça é que existe em Portugal. Os partidos só sabem dizer disparates e não fazem rigorosamente nada.

Perguntam-me: Qual é a sua cor política? Eu posso assinar por baixo uma coisa que o CDS tenha decidido, como a CDU. Não quero nem saber, desde que sejam corretos nesse ponto, eu assino por baixo. 

Não são as celebridades que nos vão dar a credibilidade, o suporte. Não uso ninguém. Não vou ser igual aos outros. Vou marcar a diferença. O ponto é denunciar e ir contra toda a injustiçaVai ter o apoio de alguma celebridade?

Não são as celebridades que me vão dar apoio, para celebridade já chego eu. Estou-me a rodear de pessoas sérias e pessoas capazes. Não são as celebridades que nos vão dar a credibilidade, o suporte. Não uso ninguém. Não vou ser igual aos outros. Vou marcar a diferença. O ponto é denunciar e ir contra toda a injustiça.

Sei o que é estar no exílio, sei como é que as pessoas vivem no exílioQuais são os pontos que mais irão ter a atenção do José?

A minha base irá ser a educação, segurança social, as minorias. Ninguém se lembra dos emigrantes, não se preocupam sequer. Eu sei porque vivo fora de Portugal, sei o que é estar no exílio, sei como é que as pessoas vivem no exílio. Estão aqui a ganhar dinheiro, mas depois é uma inércia cultural. Como é que possível ninguém olhar por esta gente, que também sofre, que saiu de Portugal porque foi obrigada e não conseguiu adaptar-se ao sistema.

André Ventura? Já nem me lembro que esse senhor existe, um 'wannabe'E o que tem dizer sobre a troca de argumentos com o André Ventura?

Já nem me lembro que esse senhor existe, um 'wannabe'. Um senhor que é completamente desequilibrado, que é fanático de futebol, poupem-me. Não lhe vou dar mais protagonismo. Evidentemente, que eu sou democrata, sou contra totalitarismos, o que é normal.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as notícias dos famosos, realeza, moda e as mulheres mais elegantes.

O mundo das celebridades com fotos, vídeos e noticias de atores, atrizes e famosos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Fama ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório