Meteorologia

  • 24 JUNHO 2019
Tempo
21º
MIN 19º MÁX 23º

Edição

Após sofrer aborto, Irmã de Carolina Patrocínio anuncia gravidez de risco

"Às oito semanas de gravidez, no dia da festa de 1 ano da Alice, perdi o bebé", conta Inês Patrocínio num emotivo desabafo.

Após sofrer aborto, Irmã de Carolina Patrocínio anuncia gravidez de risco

A família de Carolina Patrocínio vai voltar a aumentar em breve. Inês Patrocínio está grávida do segundo filho.

A grande novidade foi anunciada na tarde desta sexta-feira nas redes sociais da irmã da apresentadora, mas surgiu acompanhada de uma revelação bastante menos feliz. Inês sofreu um aborto antes de engravidar pela terceira vez e perdeu o bebé no dia de aniversário da filha, Alice.

"Às 8 semanas de gravidez, no dia da festa de 1 ano da Alice, perdi o bebé", começa por lembrar, recuando a janeiro de 2019.

"Os dias que se seguiram foram extremamente duros para a nossa família, sendo que, apesar de da dor, fortaleci as minhas convicções profundas de que não há maior dádiva que a vida, e de que a natureza, ainda em fases tão preliminares, já é perfeita", acrescenta.

Um mês depois, a consultora de direito penal internacional e o marido, Pedro Rocha, descobriram que esta estava à espera de bebé outra vez. "Sentei me na cadeira do médico com o coração aos saltos. Foi-me dito que o bebé estava óptimo, mas que tinha também um descolamento grande e que as hipóteses de a gravidez avançar eram de 50/50. Mandaram me ficar de repouso em casa e esperar", conta. 

Inês está agora grávida de 12 semanas e ainda com uma gestação de alto risco, ainda assim quis partilhar publicamente a sua experiência como forma de dar força a mulheres que passam pelo mesmo e homenagear o bebé que perdeu e que, para o casal, será sempre lembrado como um filho que chegou a existir. 

"Graças a Deus, está tudo bem com o bebé mas cada dia é uma vitória e ainda é uma gravidez de alto risco. Queria partilhar a nossa história aqui porque sei que muitos casais passam por isto e é importante falar sobre o assunto. Dizem sempre que devemos esperar até as 12 semanas para anunciar mas, na minha opinião, isso só contribui para tornar o assunto ainda mais tabu e acaba por dar a sensação à mãe que para os outros, o bebe não existiu. Mas existiu, e existe. Para mim e para o Pedro, é um filho que nos acompanhará sempre, e que está no céu a olhar pela nossa família", rematou a futura mamã, que deverá dar à luz novamente em novembro deste ano.  ⁣

Ver esta publicação no Instagram

Em Novembro deste ano, se Deus quiser, vamos ter mais um bebé na família!!! ⁣ ⁣ Mas antes de ter este bebé na barriga, tive outro...⁣ Era início de Janeiro e tínhamos acabado de chegar de férias no Brasil com a família toda. De volta ao trabalho, comecei a sentir que alguma coisa em mim estava diferente. Dias depois, no médico, ouvi o coração do bebé ecoar pela sala. “Parabéns Ines, vemo-nos daqui a uns tempos.” Mas, às 8 semanas de gravidez, no dia da festa de 1 ano da Alice, perdi o bebé. Os médicos deram me várias hipóteses, mas quis deixar a natureza actuar sozinha. Os dias que se seguiram foram extremamente duros para a nossa família, sendo que, apesar de da dor, fortaleci as minhas convicções profundas de que não há maior dádiva que a vida, e de que a natureza, ainda em fases tão preliminares, já é perfeita. ⁣ ⁣ Um mês depois, descobri que estava à espera de bebé outra vez. Sentei me na cadeira do médico com o coração aos saltos. Foi-me dito que o bebé estava óptimo, mas que tinha também um descolamento grande e que as hipóteses de a gravidez avançar eram de 50/50. Mandaram me ficar de repouso em casa e esperar. ⁣ ⁣ Fast-forward para hoje, estou de 12 semanas. Graças a Deus, está tudo bem com o bebé mas cada dia é uma vitória e ainda é uma gravidez de alto risco. Queria partilhar a nossa história aqui porque sei que muitos casais passam por isto e é importante falar sobre o assunto. Dizem sempre que devemos esperar até as 12 semanas para anunciar mas, na minha opinião, isso só contribui para tornar o assunto ainda mais tabu e acaba por dar a sensação à mãe que para os outros, o bebe não existiu. Mas existiu, e existe. Para mim e para o Pedro, é um filho que nos acompanhará sempre, e que está no céu a olhar pela nossa família. ⁣ ⁣ Uma querida amiga minha que passou pelo mesmo, disse-me a seguinte frase de S. Paulo que me tem acompanhado desde então: “É quando sou fraco que sou forte” ⁣ ⁣

Uma publicação partilhada por Ines Patrocinio

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as notícias dos famosos, realeza, moda e as mulheres mais elegantes.

O mundo das celebridades com fotos, vídeos e noticias de atores, atrizes e famosos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Fama ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório