Meteorologia

  • 08 DEZEMBRO 2019
Tempo
15º
MIN 12º MÁX 17º

Edição

Maria Leal nega acusações e afirma: "Quero metade daquilo que era nosso"

A cantora volta a refutar as acusações de que é alvo por parte do ex-marido.

Maria Leal nega acusações e afirma: "Quero metade daquilo que era nosso"

Um dia depois de ter sido transmitido na SIC o segundo episódio da reportagem de ‘Vidas Suspenas’ que conta a dramática história do ex-marido de Maria Leal, a estação emitiu a segunda parte da entrevista feita à polémica artista.

Mantendo a versão de que é inocente dos crimes de que é acusada, Maria Leal garante que não se juntou a Francisco D’Eça Leal por dinheiro, assegurando que quando foi viver com ele não existia ainda herança.

A cantora nega ter sido ela a gastar sozinha a herança no valor de um milhão de euros que Francisco herdou do pai e acusa o jovem, que tinha apenas 24 anos quando casou com Maria Leal, de ser mimado e de ter feito avultados gastos a editar discos e na compra de instrumentos musicais.

“Tudo o que eu estou a dizer vai ser provado em tribunal”, reforça a interprete de ‘Dialetos de Ternura’, que diz estar a ser julgada pelo público sem ter oportunidade de se defender. “Estou a ver a minha imagem completamente queimada. Estão a julgar-me sem me ouvirem primeiro”, lamenta.

Maria volta a dizer, tal como havia feito na primeira parte da entrevista, que todas as decisões foram tomadas dos dois, mas admite que as contas foram mal geridas: “A conta foi gerida pelos dois, e mal gerida”.

“A minha consciência está tranquila, não preciso de testemunhas que vão dizer que eu tratava bem o Francisco”, defende, desmentindo ainda que o filho do artista plástico Paulo D’Eça Leal tenha estado isolado e se tenha afastado da família por influência sua.

“Venho aqui contar a minha verdade e não venho enxovalhar as pessoas, porque não faz parte de mim. (…) O Francisco, graças a Deus, não é coitadinho nenhum, estava nas condições perfeitas de fazer o que fez, tanto é que se casou”, reforça.

Elisabete Rodrigues, nome verdadeiro de Maria Leal, refuta ainda ter sido gastadora e diz ter alertado várias vezes o marido. “Eu na atura disse muitas vezes, Francisco, cuidado com os gastos”.

“Não, nunca fui gastadora. Ainda hoje em dia quem quiser ver a minha vida não sou nada gastadora. Faço uma vida muito recatada. Vivo da minha profissão, lutei muito por ela", sublinha.

Quanto ao facto de se recusar a assinar o divórcio, processo que três anos após a separação ainda não está concluído, a cantora assegura, uma vez mais, que as afirmações não são verdadeiras e que foi a própria quem quis inicialmente assinar os papéis. 

Maria diz ter ficado “sem nada” aquando da separação, mas após ter sido acusada de vários crimes em praça pública diz ter mudado de ideias. “Na altura queria o divórcio e nem sequer queria os 54 mil euros [que restaram na conta de Francisco], nesta altura quero metade daquilo que era nosso”, remata.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as notícias dos famosos, realeza, moda e as mulheres mais elegantes.

O mundo das celebridades com fotos, vídeos e noticias de atores, atrizes e famosos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Fama ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório