Meteorologia

  • 12 DEZEMBRO 2018
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 16º

Edição

Cláudio Ramos revela o que motivou o divórcio de Bruno de Carvalho

De acordo com o apresentador, o ex-presidente do Sporting e Joana Ornelas já vivem em casas separadas.

Cláudio Ramos revela o que motivou o divórcio de Bruno de Carvalho
Notícias ao Minuto

11:40 - 06/08/18 por Notícias Ao Minuto 

Fama Revelações

Cláudio Ramos revelou em exclusivo no seu blogue que Bruno de Carvalho e a esposa, Joana Ornelas, vão divorciar-se. Uma informação que o comentador completou esta segunda-feira, dia 6, na rubrica 'Jornal Rosa' do programa 'Queridas Manhãs, da SIC, ao revelar quais os motivos que levaram à separação. 

Segundo as informação reveladas por Cláudio Ramos, o divórcio foi decidido pelo ex-presidente do Sporting na madrugada do dia 3 de agosto. “Já estão em casas separadas”, garante.

O comentador do universo do 'cor-de-rosa' diz ter sido informado por uma fonte de que durante o ano em que estiveram casados Bruno e Joana “foram felizes os primeiros seis meses”, depois disso o ex-dirigente leonino entrou numa espiral mediática e não teve da mulher o apoio que esperava.

“Ele não conseguiu contar com o apoio da mulher”, afirma Cláudio Ramos, que garante ainda ter sido informado de que Bruno de Carvalho descobriu que “de dentro de casa saíam informações para a imprensa” difundidas por alguém próximo de joana.

Por fim, a cara da SIC prometeu na próxima semana revelar novos pormenores sobre a separação.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as notícias dos famosos, realeza, moda e as mulheres mais elegantes.

O mundo das celebridades com fotos, vídeos e noticias de atores, atrizes e famosos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Fama ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório