Meteorologia

  • 22 JULHO 2018
Tempo
24º
MIN 23º MÁX 25º

Edição

Airbnb em Portugal acolheu mais de 2,6 milhões de visitantes em 2017

A plataforma de alojamento Airbnb permitiu o alojamento em Portugal de mais de 2,6 milhões de visitantes em 2017, oriundos de mais de 150 países, proporcionando ao "anfitrião típico" cerca de 4.000 euros por 44 noites.

Airbnb em Portugal acolheu mais de 2,6 milhões de visitantes em 2017
Notícias ao Minuto

16:48 - 17/04/18 por Lusa

Economia Plataforma

No âmbito do lançamento do novo escritório de Turismo Saudável da Airbnb, anunciado hoje em conferência telefónica internacional, a plataforma 'online' revelou ainda que "455 mil pessoas viajaram de Portugal para outros destinos, criando ligações físicas através de diferentes fronteiras e culturas".

"Portugal possui uma comunidade vibrante de anfitriões que sabe acolher viajantes de mais de 150 países nas suas casas e comunidades", afirmou a plataforma de alojamento, indicando que "o anfitrião típico ganhou 4.096 euros alugando o seu alojamento durante 44 noites por ano, proporcionando uma renda significativa ao cidadão comum e às famílias".

Os novos dados sobre o impacto da Airbnb revelam que, em todo o mundo, "há 4,85 milhões de anúncios na plataforma, em mais de 191 países", verificando-se que "a grande maioria dos hóspedes afirma que escolheu a Airbnb porque pretende viver como um morador local (79%) e porque é mais prático do que os hotéis (89%)".

"Mais de metade dos hóspedes que utilizam a Airbnb a nível global (53%) referem que o dinheiro que economizaram usando a Airbnb foi gasto em empresas locais, enquanto quase metade dos gastos dos hóspedes (44%) é efetuado nas comunidades onde ficam alojados, espalhadas pelas cidades e não apenas nas zonas de hotéis e turísticas", avançou a plataforma 'online' de alojamento.

Na perspetiva de Chris Lehane, responsável máximo de Políticas Globais e Comunicações da Airbnb, "com as viagens e o turismo a crescer mais rápido do que a maioria do resto da economia, é fundamental beneficiar o maior número possível de pessoas - e atualmente nem todo o turismo tem sido criado da mesma forma".

"Para democratizar os benefícios das viagens, a Airbnb oferece uma alternativa saudável aos hábitos de viagens em massa que atormentam algumas cidades há décadas", advogou Chris Lehane.

Neste sentido, a plataforma de alojamento lançou hoje o novo escritório de Turismo Saudável da Airbnb, "uma iniciativa para ajudar a impulsionar o turismo local, autêntico e sustentável em países e em cidades de todo o mundo", através de parcerias, programas e eventos, direcionando as viagens para lugares menos conhecidos e apoiando hábitos de viagem ecológicos.

Em conferência telefónica, o responsável da Airbnb aproveitou ainda para saudar a constituição do primeiro Conselho Consultivo de Turismo da empresa, "composto por líderes e especialistas em políticas de turismo a nível global, que durante os seus anos de trabalho no setor têm definido muitos dos motes para as discussões sobre os temas mais importantes da indústria".

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.