Meteorologia

  • 18 SETEMBRO 2018
Tempo
27º
MIN 23º MÁX 29º

Edição

Cabify encara com "pesar" adiamento da lei das plataformas de transporte

A aplicação Cabify, empresa de serviços digitais de reserva de transporte, lamentou hoje o segundo adiamento no parlamento da votação das propostas relativas à regulamentação da atividade das plataformas eletrónicas de transporte de passageiros.

Cabify encara com "pesar"  adiamento da lei das plataformas de transporte
Notícias ao Minuto

20:45 - 08/03/18 por Lusa

Economia Votação

O PCP adiou hoje potestativamente para quarta-feira a votação na especialidade na Comissão de Economia do parlamento das propostas relativas a esta matéria, depois de PS e PSD terem entreguado no início da reunião, em separado, propostas de alteração.

O deputado comunista Bruno Dias disse não estarem reunidas as condições para fazer uma votação de "uma matéria tão sensível como esta", apenas "com uns minutos de leitura para saber o que foi concertado entre os dois partidos", registando, no entanto, "a convergência" entre PS e PSD. O adiamento teve o apoio do PAN e do Bloco de Esquerda.

A 22 de fevereiro, o PS já tinha adiado potestativamente por 15 dias a discussão e votação na especialidade da proposta de lei do Governo, dos projetos de lei do PSD e do Bloco de Esquerda, bem como as propostas de alteração apresentadas por PS, CDS-PP e PCP, com o intuito de alcançar um "texto de substituição" e o "acordo" do maior número possível de grupos parlamentares.

Numa nota divulgada hoje ao final da tarde, a Cabify reforça que desde o início da operação em Portugal tem apoiado a "criação de um enquadramento legal para a sua atividade".

Para a Cabify, o novo adiamento da votação prejudica todos os envolvidos na atividade das plataformas eletrónicas de transporte de passageiros.

"O prolongar desta situação prejudica as plataformas, mas também os utilizadores, parceiros, motoristas (...) e, de uma forma geral, a imagem do ecossistema empreendedor e inovador português", pode ler-se no comunicado da empresa.

A votação na especialidade da regulamentação das plataformas eletrónicas de transporte de passageiros será realizada na quarta-feira, na Comissão de Economia, Inovação e Obras Públicas, após a sessão plenária.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório