Meteorologia

  • 26 SETEMBRO 2018
Tempo
22º
MIN 21º MÁX 23º

Edição

Vários localidades portuguesas entre os destinos sustentáveis do mundo

As regiões dos Açores e Oeste e os concelhos de Cascais, Sintra e Torres Vedras, em Portugal, estão entre os melhores 32 destinos sustentáveis do mundo, que hoje foram anunciados em Berlim, na Alemanha.

Vários localidades portuguesas entre os destinos sustentáveis do mundo
Notícias ao Minuto

18:50 - 07/03/18 por Lusa

Economia Alemanha

Na categoria de "Melhor do Planeta", o arquipélago dos Açores foi um dos distinguidos ao lado do Parque Nacional de Bali Barat (Indonesia), Clonakilty (Irlanda), Gozo (Malta), a Reserva natural de Grootbos (África do Sul), a região das altas montanhas de Pamirs (Tajiquistão), Jackson Hole & Yellowstone (Estados Unidos da América), Lake Tota (Colômbia), Ljubljana (Eslovénia), Mali Losinj (Croácia), Podcetrtek (Eslovénia), Santa Cruz, Galapagos (Equador), 'Slovenia Green Destinations' (Eslováquia) e Vail, Colorado (Estados Unidos da América).

Nesta categoria, são premiados os destinos que mostram liderança internacional e inovação em turismo responsável e sustentável em diferentes partes do mundo, segundo o site da organização Green Destinations.

Na categoria de "Melhores Cidades e Comunidades", Cascais, a região Oeste, Sintra e Torres Vedras figuram entre os vencedores ao lado de Zuid-Limburg (Holanda) e Tung Dap Village (Tailândia).

Estes locais foram considerados os melhores a nível mundial a proteger a sua cultura e tradições, envolvendo a comunidade local na defesa de um turismo sustentável e contra o chamado 'turismo de massas'.

Os prémios são atribuídos pela organização 'Green Destinations'.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório