Meteorologia

  • 02 ABRIL 2020
Tempo
16º
MIN 7º MÁX 19º

Edição

CTT fecha em Alferrarede, mas privado assegura continuidade dos serviços

A Câmara de Abrantes anunciou hoje ter sido encontrada uma solução para assegurar o serviço dos CTT em Alferrarede, através do acordo com um privado que manterá os mesmos serviços ao público já a partir de abril.

CTT fecha em Alferrarede, mas privado assegura continuidade dos serviços
Notícias ao Minuto

16:52 - 07/03/18 por Lusa

Economia Abrantes

Em comunicado conjunto, a Câmara Municipal de Abrantes e a União de Freguesias de Abrantes e Alferrarede, no distrito de Santarém, referem que "o novo espaço de atendimento ficará localizado a cerca de 30 metros a norte do edifício onde funciona a atual loja" dos CTT, no mesmo quarteirão da Avenida Mário Soares, e congratularam-se com a "solução que serve a comunidade local".

Segundo a informação da autarquia, já foi "formalizado um acordo para assegurar o serviço prestado à população pela loja dos Correios de Alferrarede, exceto a venda de papel comercial, que passará a ser gerido por um privado local", tendo acrescentado que a abertura "deverá ocorrer na primeira semana de abril".

Por parte da administração dos CTT, pode ler-se na mesma nota, "existe o compromisso em manter a loja em funcionamento até à abertura do novo espaço, encerrando uma semana após essa abertura".

Tendo feito notar que "sempre manifestaram discordância com a decisão da administração dos CTT em encerrar a Loja de Alferrarede", a Câmara Municipal de Abrantes e a União de Freguesias de Abrantes e Alferrarede "congratulam a conjugação de esforços com vista a uma solução que serve a comunidade local".

No comunicado, é destacada "a postura de abertura" por parte da administração dos CTT que, "embora se tenha mostrado sempre irredutível e tendo dado a decisão como definitiva, criou condições para colaborar na formação de duas colaboradoras" do prestador de seguros que vai gerir o espaço e assumiu o "compromisso de não encerrar a loja antes da abertura do novo espaço".

A Câmara Municipal e a União de Freguesias de Abrantes sublinham ainda "o esforço das entidades envolvidas, proprietário e gestor do espaço, que emergem da mobilização da sociedade civil, assegurando as condições de continuidade deste serviço, essencial para a comunidade local".

Em janeiro, os CTT anunciaram o encerramento de 22 lojas em todo o país, entre elas a de Alferrarede, o que surpreendeu habitantes e autarcas pelo movimento e procura de serviços naquela estação, instalada numa zona bastante populosa da cidade.

De acordo com um esclarecimento enviado às redações, os CTT referiram que o encerramento destas 22 lojas "não coloca em causa o serviço de proximidade às populações e aos [...] clientes, uma vez que existem outros pontos de acesso nas zonas respetivas que dão total garantia na resposta às necessidades face à procura existente".

Em causa estão também os balcões de Junqueira (Lisboa), Avenida (Loulé), Universidade (Aveiro), Termas de São Vicente, Socorro (Lisboa), Riba de Ave, Paços de Brandão (Santa Maria da Feira), Lavradio (Barreiro), Galiza (Porto), Freamunde, Filipa de Lencastre (Belas), Olaias (Lisboa), Camarate, Calheta (Ponta Delgada), Barrosinhas (Águeda), Asprela (Porto), Areosa (Porto), Araucária (Vila Real), Alpiarça, Aldeia de Paio Pires e Arco da Calheta (Madeira).

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório