Meteorologia

  • 23 SETEMBRO 2019
Tempo
18º
MIN 14º MÁX 24º

Edição

Quase 50 mil novos subsídios de desemprego à boleia de nova regra

A regra que reduziu o período de descontos exigidos para ter acesso ao subsídio de desemprego entrou em vigor em Julho do ano passado e já permitiu o acesso de 48.200 pessoas ao subsídio de desemprego, garantiu fonte do Governo ao Jornal de Negócios desta terça-feira.

Quase 50 mil novos subsídios de desemprego à boleia de nova regra

A redução do período de descontos exigidos, de 15 para 12 meses, já permitiu que mais de 48 mil pessoas que, à partida não poderiam aceder ao subsídio de desemprego, beneficiassem desta ajuda.

Ao Jornal de Negócios, fonte do Ministério da Solidariedade, do Emprego e da Segurança Social explicou que "graças à redução do prazo de garantia, 48.200 portugueses passaram a contar com subsídio de desemprego", adiantando que “isto representa por mês, em média, cerca de 19,2% dos novos pedidos”.

De facto, a percentagem de inscritos no Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) que recebe subsídio de desemprego aumentou ligeiramente neste último ano, de 55% para 57%.

Já o número de jovens desempregados com menos de 25 menos diminuiu, passando de 18% para 16,3%.

A medida foi aprovada no início de 2012, mas só entrou em vigor em Julho do ano passado.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório