Meteorologia

  • 11 DEZEMBRO 2018
Tempo
13º
MIN 11º MÁX 14º

Edição

"Aprendemos no passado que os bancos funcionavam em roda livre"

A proposta de lei que vai ser discutida no Parlamento e que pretende penalizar as más práticas comerciais dos bancos, concedendo uma maior proteção aos clientes foi alvo de análise por parte de Miguel Sousa Tavares.

"Aprendemos no passado que os bancos funcionavam em roda livre"
Notícias ao Minuto

22:49 - 19/02/18 por Patrícia Martins Carvalho 

Economia Sousa Tavares

O comentador da SIC disse, esta segunda-feira à noite, que a proposta de lei que visa penalizar as más práticas dos bancos é uma “decisão acertada porque, infelizmente, aprendemos no passado que os bancos funcionavam numa roda livre e que os funcionários eram instigados pelas administrações dos bancos a venderem produtos aos clientes de qualquer maneira”.

Apesar de considerar positiva esta medida, Sousa Tavares considera não ser suficiente. “Falta limitar a capacidade de venda de produtos do próprio banco”, afirma.

Nesta senda, o comentador considerou também positivas as instruções dadas pelo Banco de Portugal quanto aos cuidados que os bancos devem ter no que diz respeito aos limites para o crédito à habitação.

“Porque, de novo, a banca parece que não aprendeu nada com a bolha de especulação e endividamento imobiliário de 2008”, afirma, referindo que entre 2016 e 2017 o crédito imobiliário aumentou em 26%, sendo que o “total aplicado pelas famílias equivalia a 106% do seu rendimento”.

“Quem lança a crise é a ganância da banca. A culpa da crise de 2008 é da banca, começa na banca internacional e espalha-se cá dentro”, finaliza.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório