Meteorologia

  • 20 OUTUBRO 2018
Tempo
19º
MIN 19º MÁX 19º

Edição

Rússia: 'Piratas' roubaram mais de 14 mil milhões aos bancos do país

Banco central do país anunciou, na terça-feira, que os bancos russos também foram alvo de ataques informáticos. Esta divulgação acontece numa altura em que a Rússia é acusada de ataques informáticos com alvos nos EUA e na Europa.

Rússia: 'Piratas' roubaram mais de 14 mil milhões aos bancos do país
Notícias ao Minuto

09:05 - 14/02/18 por Beatriz Vasconcelos 

Economia Dinheiro

Os piratas informáticos roubaram mais de 14 mil milhões de euros dos bancos russos em 2017, através de uma ferramenta de teste de segurança - conhecida como Cobalt Strike -, de acordo com informações divulgadas pelo banco central da Rússia na terça-feira.

Segundo a agência Reuters, a Rússia tem estado sob fogo por causa do cibercrime, depois das alegações de que piratas informáticos russos, apoiados pelo governo de Moscovo, atacaram alvos nos EUA e na Europa. Estas acusações foram rapidamente negadas pelo executivo russo.

As autoridades russas estão agora empenhadas em mostrar que a Rússia também é frequentemente vítima de ataques de cibercrime e que o país está a "trabalhar arduamente" para os combater.

“Mais de 240 instituições bancárias foram atingidas pelos ataques, 11 dos quais foram bem-sucedidos. A quantidade roubada foi de mais de mil milhões de rublos (14 mil milhões de euros)”, afirmou o vice-governador do banco central da Rússia, Dmitry Skobelkin, citado pela Reuters.

O Cobalt Strike é um software que testa a segurança informática de um sistema. Ora, se é capaz de apontar vulnerabilidade num sistema também pode ser usado em ataques. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório