Meteorologia

  • 15 NOVEMBRO 2018
Tempo
19º
MIN 19º MÁX 19º

Edição

Wall Street acaba em alta acentuada depois de fortes oscilações

A bolsa nova-iorquina acabou hoje por terminar em alta acentuada depois de ter evoluído com fortes flutuações durante toda a sessão, com os investidores agitados pelo regresso violento da volatilidade aos mercados desde o início da semana.

Wall Street acaba em alta acentuada depois de fortes oscilações
Notícias ao Minuto

22:31 - 09/02/18 por Lusa

Economia Bolsa

O índice mais emblemático de Wall Street, o seletivo Dow Jones Industrial Average fechou a ganhar 1,38%, para os 24.190,90 pontos, depois de ter estado a perder 2,1% durante o dia. No conjunto da semana, desvalorizou 5,21%, na que é a queda semanal mais importante desde o início de 2016.

A mesma tendência foi observada no caso do alargado S&P500, o índice que representa as 500 maiores empresas cotadas em Nova Iorque: acabou o dia a ganhar 1,49%, para as 2.619,55 unidades, mas acabou a semana a descer 5,16%.

Da mesma forma, o tecnológico Nasdaq terminou a sessão com uma valorização de 1,44%, para os 6.874,49 pontos, mas perdeu 5,06% na semana.

"Nada de novo justifica estes movimentos. O mercado está entregue a s próprio", segundo Karl Haeling, do banco LBBW.

"Bem entendido que existem as preocupações com a aceleração da inflação, a subida das taxas de juro, o aperto das políticas monetárias, a chegada da reforma fiscal no pior momento do ciclo económico, etc, etc, (...)", adiantou, explicando: "mas agora que se passou a uma outra fase, a descida é sobretudo alimentada pelo regresso da volatilidade, com os investidores a cederem ao seu próprio sentimento".

O VIX, um instrumento que mede a volatilidade, também designado como "o índice do medo", tinha permanecido inerte durante meses, raramente subindo acima de 15. Na terça-feira superou os 50 e hoje esteve acima dos 40.

Neste contexto, numerosos fundos e gestores de investimentos devem reajustar a sua exposição no mercado bolsista.

"A queda da bolsa era esperada há muito tempo, uma vez que o mercado subiu muito alto, demasiado depressa", afirmou Phil Davis, do PSW Investments.

No imediato, não é de esperar uma enorme subida, porque os índices desceram para níveis mais razoáveis", acrescentou.

"É impossível saber se isto vai acalmar ou não, se o doente já está completamente curado", admitiu Gregori Volokhine, da Meeschaert Financial Services.

As fortes flutuações observadas no mercado, como a repentina subida dos índices na segunda-feira e hoje, são, não sua opinião, "a prova de que muitos dos movimentos não são orientados por decisões de investimento baseadas em elementos fundamentais, mas antes por ajustes técnicos efetuados por fundos hiperativos desde o início da semana", avançou.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório