Meteorologia

  • 20 OUTUBRO 2018
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 19º

Edição

Jornal espanhol diz que Portugal não quer ser a China

La Voz de Galicia traça um cenário positivo sobre a evolução do mercado de trabalho em Portugal, mas também salienta o clima de salários baixos.

Jornal espanhol diz que Portugal não quer ser a China
Notícias ao Minuto

14:30 - 09/02/18 por Beatriz Vasconcelos 

Economia La Voz de Galicia

O jornal espanhol La Voz de Galicia escreveu sobre o mercado de trabalho português e aponta para a forte recuperação da taxa de desemprego, mas também destaca o clima de baixos salários. Sobre isto, o jornal diz mesmo que o país “quer arrancar o título de ser ‘a China da Europa’ para vender a marca de Portugal para o mundo”.

Porém, a jornalista que escreveu o texto, Manoli Sio Dopeso, destaca que a economia do país depende muito dos salários baixos.

“Este valor de 580 euros é o que recebem 800 mil funcionários lusos (22% dos trabalhadores privados), e continuará a aumentar de forma progressiva, segundo os acordos do Governo com o Bloco e comunistas, que aumentaram o salário mínimo para 600 euros”, lê-se no artigo.

Porém, o jornal destaca um outro aspeto positivo sobre a economia portuguesa, que influencia “muito favoravelmente a competitividade lusa e que é a garantia de paz social, que [o país] oferece aos investidores e empresários no geral”.

A este propósito, Manoli Sio Dopeso compara, inclusive, o número de greves entre os dois países. Espanha registou 774 greves, ao passo que Portugal registou 200, ambos em 2017. No entanto, os espanhóis destacam que a situação da Autoeuropa pode ser um “sinal de que algo está a mudar”.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório