Meteorologia

  • 28 MAIO 2018
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 16º

Edição

Espanha quer multar diferença salarial entre homens e mulheres

Três dos maiores partidos espanhóis estão a preparar propostas de lei.

Espanha quer multar diferença salarial entre homens e mulheres
Notícias ao Minuto

10:49 - 22/01/18 por Beatriz Vasconcelos

Economia Remunerações

Depois da Islândia, vários países têm seguido o exemplo de reduzir a diferença salarial entre homens e mulheres. Em Espanha, os três grandes partidos querem também aplicar a proibição dessa diferença.

Segundo o jornal espanhol El País, três dos principais partidos, o PSOE, o Podemos e o Cidadãos - que juntos têm uma maioria absoluta - querem proibir por lei e aplicar multas à empresas que pratiquem essas diferenças, tal como a Islândia já faz. Todos os partidos estão a preparar propostas de lei.

No início deste ano, a Islândia tornou-se no primeiro país do mundo a proibir o pagamento de salários diferentes a homens e mulheres que desempenhem as mesmas funções.

A partir de agora, de acordo com a nova legislação, empresas com mais de 25 trabalhadores têm de apresentar um documento oficial que comprove a igualdade salarial entre homens e mulheres. Se não a cumprirem, são multados pelo Estado.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.