Meteorologia

  • 16 OUTUBRO 2018
Tempo
16º
MIN 16º MÁX 17º

Edição

Administrador de insolvência acusado de três crimes de peculato

O Ministério Público acusou um administrador de insolvência de três crimes de peculato, por alegadamente se ter apropriado de mais de 12 mil euros da massa falida num processo de falência que corria no Tribunal de Guimarães.

Administrador de insolvência acusado de três crimes de peculato
Notícias ao Minuto

20:53 - 10/12/17 por Lusa

Economia Guimarães

Em nota hoje publicada na sua página na internet, a Procuradoria-Geral Distrital do Porto refere que o arguido foi nomeado liquidatário judicial de um processo de falência que corria termos na secção cível do Tribunal Judicial de Guimarães.

Acrescenta que, no exercício dessas funções, "apropriou-se por três vezes de quantias depositadas na conta da massa falida e destinadas ao pagamento dos credores e demais despesas da falência".

As alegadas apropriações terão sido de 4.963 euros, 4.135 euros e 3.178 euros.

"Do montante total apropriado, o arguido já procedeu à restituição de 7.357 euros", lê-se ainda na mesma nota.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório