Meteorologia

  • 17 DEZEMBRO 2017
Tempo
MIN 6º MÁX 7º

Edição

FNAC investe 8,5 milhões de euros e cria 100 empregos diretos

A FNAC Portugal investiu este ano 8,5 milhões de euros, dos quais 7,5 milhões de euros em cinco novas lojas, e criou 100 empregos diretos, anunciou hoje a cadeia de retalho de bens culturais, tecnológicos e lazer.

FNAC investe 8,5 milhões de euros e cria 100 empregos diretos
Notícias ao Minuto

19:13 - 07/12/17 por Lusa

Economia 2017

Em comunicado, por ocasião da abertura da sua 30.ª unidade no Montijo, a empresa adianta que fez um "investimento de 7,5 milhões de euros em novas lojas em 2017", ou seja, em cinco unidades, num total de quatro mil metros quadrados.

Durante este ano, a empresa investiu ainda um milhão de euros na remodelação de lojas e criou "100 empregos diretos".

"É o resultado da excelente recetividade da proposta da FNAC como marca preferida para descobrir e partilhar a paixão pela cultura, tecnologia e entretenimento", afirmou o diretor-geral da FNAC Portugal, Nuno Luz, citado em comunicado.

"Desta forma o Grupo Fnac Darty continua a investir no nosso país por forma a permitir que a Fnac chegue perto de mais portugueses. A FNAC já está presente em todo o país, através da fnac.pt, mas sabemos que sempre que abrimos uma nova loja as vendas no 'ecommerce' nessa região também aumentam, pois a loja aumenta o nível de relacionamento da marca com os clientes", afirmou.

"Nesta medida, é um eixo estratégico para a FNAC continuar a implementar o plano de expansão para tornar a marca e os produtos FNAC acessíveis em todo o país", concluiu.

A nova unidade do Montijo, que hoje abriu portas, é a terceira da cadeia de retalho no distrito de Setúbal, e a última abertura da FNAC este ano no mercado português.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório