Meteorologia

  • 18 DEZEMBRO 2017
Tempo
MIN 8º MÁX 10º

Edição

Marina de Vila Franca de Xira em risco devido a dívidas do gestor

A direção da União Desportiva Vilafranquense (UDF) apelou hoje à intervenção do município de Vila Franca de Xira num processo de dívidas à empresa construtora da marina da cidade, que coloca em causa o futuro daquele equipamento.

Marina de Vila Franca de Xira em risco devido a dívidas do gestor
Notícias ao Minuto

13:12 - 07/12/17 por Lusa

Economia UDF

Em causa está uma dívida de cerca de 287 mil euros que a UDF, gestora da marina de Vila Franca de Xira (distrito de Lisboa), tem para com a Lindley, construtora do equipamento, inaugurado em 2003.

Em declarações à agência Lusa, o presidente da Comissão Administrativa da UDF, Francisco Beirolas, referiu que a empresa escreveu ao clube a ameaçar que levantaria os pontões da marina, caso o clube não pagasse a verba devida.

O responsável reconheceu que a Lindley foi mostrando ao longo dos anos (14) "bastante flexibilidade" nos pagamentos, sublinhando, contudo, que o clube não dispõe atualmente de condições financeiras para saldar a sua dívida.

Segundo Francisco Beirolas, na altura da construção deste equipamento a Câmara Municipal de Vila Franca de Xira até se disponibilizou a pagar parte deste valor, "tendo, efetivamente", entregue à anterior direção um cheque de 170 mil euros para esse fim, que nunca chegou às mãos da Lindley.

"É verdade que esse cheque nunca chegou ao destino e não sei qual foi o uso que o anterior presidente lhe deu. Agora, acho que neste processo há culpas divididas, porque a Câmara Municipal devia ter-se assegurado de que o cheque chegaria à empresa", argumentou.

Sem condições de pagar a dívida, a "última esperança "da direção da UDP é que a Câmara Municipal de Vila Franca de Xira aceite voltar a ajudar o clube, tendo já solicitado "uma reunião com caráter de urgência" com o presidente da autarquia, Alberto Mesquita (PS).

"A Câmara não se tem mostrado muito disponível porque diz que já pagou a sua parte. A UDP vive momentos muito difíceis e se não nos deitarem a mão corremos o risco de fechar portas. O nosso trabalho e a responsabilidade social que temos assumido na cidade não pode ser menosprezada", apontou.

Por seu turno, em declarações à Lusa, o presidente da Câmara Municipal de Vila Franca de Xira, Alberto Mesquita, afirmou que vê esta situação com um sentimento de "preocupação e frustração", uma vez que a autarquia "cumpriu com a sua parte do acordo".

"A UDV há muitos anos que se debate com problemas de dívidas, seja às finanças ou à Segurança Social, e a Câmara Municipal tem procurado ajudar no que pode. Neste caso, nós pagámos a parte que nos competia e a UDV tinha de pagar a sua. Teremos de tentar encontrar uma solução", apontou.

O autarca socialista sublinhou que a marina "é estratégica para a cidade" e lembrou que a autarquia já investiu ali bastante dinheiro, nomeadamente no desassoreamento do rio Tejo.

A Lusa contactou a Lindley, mas, até ao momento, não obteve resposta.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório