Meteorologia

  • 15 DEZEMBRO 2017
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 18º

Edição

Mitsubishi Materials em 'colapso' após admitir falsificação de dados

O fabricante de materiais de construção japonês Mitsubishi Materials 'afundou' hoje mais de 8% na bolsa de Tóquio depois de divulgar que algumas das suas subsidiárias falsificaram especificações técnicas de produtos.

Mitsubishi Materials em 'colapso' após admitir falsificação de dados
Notícias ao Minuto

08:40 - 24/11/17 por Lusa

Economia Japão

A transação das ações da empresa esteve suspensa nos primeiros 18 minutos da sessão e quando voltou às negociações na praça financeira de Tóquio chegou a cair até 10,75%, o pior nível do dia, acabando por encerrar a perder 8,07% até aos 3.760 ienes (28,46 euros).

A queda das ações ocorreu depois de a empresa japonesa ter reconhecido, na véspera, que três subsidiárias falsificaram dados técnicos de alguns dos produtos como cobre ou alumínio, fornecidos às indústrias aeroespacial, automóvel e de energia elétrica.

A Mitsubishi Materials, que reconheceu que o problema afeta produtos vendidos entre abril de 2015 e setembro deste ano, informou ter já entrado em contacto com 40 de mais de 250 clientes afetados.

A empresa japonesa tem prevista durante o dia uma conferência de imprensa para explicar o alcance do caso que acontece depois de a Kobe Steel, uma das maiores siderúrgicas do Japão, ter admitido, em outubro, a manipulação dos certificados de inspeção de alguns dos produtos, os quais foram "reescritos de forma inapropriada e enviados como se cumprissem as especificações".

Segundo os meios de comunicação japoneses, os dados manipulados estarão relacionados com as características de resistência e outros detalhes técnicos de materiais como ferro, alumínio ou cobre.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório