Meteorologia

  • 21 NOVEMBRO 2017
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 15º

Edição

Venezuela falhou o primeiro pagamento aos credores. E agora?

O governo liderado por Nicolás Maduro foi incapaz de cumprir os prazos de carência definidos pela mais recente ronda de reembolsos.

Venezuela falhou o primeiro pagamento aos credores. E agora?
Notícias ao Minuto

07:00 - 15/11/17 por Bruno Mourão

Economia América do Sul

A realidade que mais se temia aconteceu e a Venezuela parece estar 'entre a espada e a parede': Segundo a Standard & Poor's, o país não conseguiu cumprir as obrigações de um empréstimo e passados os 30 dias de tolerância, o pagamento aos credores foi considerado oficialmente incumprido. 

Agora que a incapacidade de pagar uma linha de Obrigações do Tesouro está confirmada, esperam-se novos episódios numa série que é de terror para a esmagadora maioria dos venezuelanos. 

O futuro ainda não é totalmente claro, mas como explica a CNN, avizinham-se tempos difíceis. Se a maior parte dos credores exigir pagamento imediato, o governo venezuelano será obrigado a arranjar formas de pagar a dívida; caso contrário, a lei internacional permite que os detentores de dívida sem pagamento se apoderem dos bens venezuelanos no exterior. 

A única riqueza relevante nas contas da Venezuela é o petróleo vendido ao exterior, responsável por uma percentagem esmagadora da produção do país. Os investidores lesados poderiam neste caso reclamar os barris de petróleo e deixariam o governo de Nicolás Maduro com ainda menos armas para combater a situação atual de emergência financeira. 

Durante anos, as receitas petrolíferas seguraram a Venezuela num ténue equilíbrio orçamental, mas a queda dos preços do chamado 'ouro negro' deixaram de permitir uma fonte de dinheiro sustentável e colocaram a nu a falta de reformas e de bens básicos no país. 

Sem dinheiro para importar matérias-primas, comida e medicamentos, o governo de Maduro deixou os venezuelanos sem meios de sobrevivência e criou uma inflação devastadora que está a provocar fome, miséria e uma situação de emergência social. 

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório