Meteorologia

  • 07 DEZEMBRO 2021
Tempo
17º
MIN 13º MÁX 17º

Edição

Partilhar dados online? Consumidores portugueses são os mais desconfiados

O mesmo ceticismo mantém-se relativamente às compras online, apesar de os portugueses serem dos que mais confiam nas opiniões e comentários que veem na internet, conclui um estudo do observador Cetelem.

Partilhar dados online? Consumidores portugueses são os mais desconfiados

Comprar produtos e serviços através da internet já se tornou prática corrente no dia a dia de grande parte dos portugueses. No entanto, até que ponto é que os consumidores estão dispostos a abdicar da sua privacidade e em fornecer dados pessoais online?

Segundo um estudo do observador Cetelem, os portugueses são os consumidores mais desconfiados. Dos inquiridos nacionais, 83% afirma estar preocupado relativamente à partilha ou comunicação dos seus dados pessoais a sites e/ou marcas online. Para além disso, 30% afirma mesmo estar muito preocupado com esta prática.

A desconfiança dos consumidores dos portugueses é 19 pontos percentuais superior à média europeia. Apenas os espanhóis se aproximam dos índices nacionais, com 81% a demonstrar preocupação sobre o fornecimento de dados online. Já na Hungria e na Dinamarca, por exemplo, o mesmo índice situa-se nos 49%.

O mesmo estudo analisou ainda a forma como os consumidores europeus veem o comércio online. Embora não se situem muito abaixo da média europeia, os portugueses são bastante desconfiados relativamente a compras online – 70 % não confiam na descrição dos produtos que encontram, sendo que a média europeia situa-se quatro pontos percentuais abaixo deste valor.

Por outro lado, os consumidores nacionais colocam-se acima da média europeia no que diz respeito à confiança nas opiniões e comentários de outros consumidores na internet – 66% dos portugueses confiam no que leem online e isso reflete-se na sua disposição para efetuar compras.

Para além disso, 43% dos portugueses confiam na internet, um valor que está três pontos percentuais acima da globalidade do estudo do observador Cetelem. O mesmo se verifica em relação às redes sociais, em que a média europeia é de 31% e os consumidores nacionais estão um ponto percentual acima no índice de confiança.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório