Meteorologia

  • 12 DEZEMBRO 2017
Tempo
14º
MIN 13º MÁX 14º

Edição

Pharol é a luz que mais brilha no PSI20 ao disparar 14%

O principal índice da bolsa de Lisboa (PSI20) subiu hoje 0,33% para 5.457,15 pontos, com a Pharol a disparar quase 14%.

Pharol é a luz que mais brilha no PSI20 ao disparar 14%
Notícias ao Minuto

17:41 - 12/10/17 por Lusa

Economia Bolsa

Das 18 cotadas que integram o PSI20, 12 subiram e seis desceram. A Pharol liderou as subidas e avançou 13,88% para 0,47 euros.

A administração da empresa brasileira Oi, participada pela portuguesa Pharol, aprovou na terça-feira um plano de recuperação, cujo objetivo é reduzir o montante da dívida através de um aumento de capital de nove mil milhões de reais (2,4 mil milhões de euros).

A Semapa também se destacou nas subidas com um ganho de 3% para 17,30 euros e a Altri registou igualmente uma valorização de 3% para 5,42 euros.

A Navigator somou 1,63% para 4,37 euros e os CTT avançaram 1% para 5,06 euros.

Com valorizações abaixo de 1% terminaram a Sonae Capital (0,85 euros), a EDP (3,11 euros), a Galp (15,19 euros), a Sonae SGPS (1,03 euros), a REN (2,76 euros), a Mota-Engil (3,33 euros) e a Novabase (3,62 euros).

A Jerónimo Martins desceu 3,19% para 15,79 euros, a Ibersol perdeu 1,31% para 12,85 euros e a Corticeira Amorim caiu 0,45% para 12,13 euros.

O BCP cedeu 0,12% para 0,246 euros, a EDP Renováveis recuou 0,08% para 7,12 euros e a NOS registou uma ligeira variação negativa de 0,04% para 5,31 euros.

No resto da Europa, as bolsas terminaram com tendências divergentes: Londres subiu 0,30%, Frankfurt 0,09%, Milão desceu 0,68%, Paris caiu 0,03% e Madrid 0,02%.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório