Meteorologia

  • 24 OUTUBRO 2017
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 16º

Edição

Conheça os projetos mais inovadores dos politécnicos portugueses

A mais recente edição do concurso de empreendedorismo PIN já terminou. Bragança foi a capital portuguesa da inovação durante uma semana e os vencedores estão escolhidos.

Conheça os projetos mais inovadores dos politécnicos portugueses
Notícias ao Minuto

10:54 - 21/09/17 por Bruno Mourão

Economia PIN

Vindos dos 'quatro cantos' de Portugal, os alunos dos politécnicos visitaram Bragança na semana passada e levaram o empreendedorismo a novos horizontes. 

"Foi no âmbito do projeto PIN – Polientrepreneurship Innovation Network – que decorreu em Bragança a edição do concurso nacional / Poliempreende. Os prémios para os melhores projetos foram entregues depois da avaliação do júri composto por representantes do PIN / Poliemprende, Grupo Delta Cafés, IAPMEI, ANI e Startup Portugal", revela a organização em comunicado oficial enviado para a redação do Economia ao Minuto. 

No total, foram 480 alunos e 161 projetos a lutar pelos prémios desde o início, mas apenas 19 ideias chegaram a Bragança para se apresentarem ao júri. No final, o vencedor foi um grupo de alunos do Instituto Politécnico de Setúbal graças ao Ilegal, um projeto de personalização de motas. 

Em segundo lugar ficaram os alunos do Instituto Politécnico do Cávado e Ave com a Célia Celíaca, ponto central de um universo de personagens "com intolerâncias e alergias ou que apenas defendem um estilo de vida saudável", e que "estão presentes no website e nas redes sociais - loja virtual, banda desenhada, animação e blog - e nas associações celíacas, em Portugal e no Brasil". 

O pódio ficou completo com a Zthreat, um "software open-source, configurado de forma inovadora, que torna o acesso à Internet mais seguro para todos os dispositivos e sistemas que o utilizem", criado pelos alunos do Instituto Politécnico de Bragança. 

A Delta entregou ainda um prémio de empreendedorismo aos alunos do Instituto Politécnico de Coimbra pelo projeto Marias&me (um caviar vegan) e um prémio de internacionalização à Agência de Empreendedorismo dos Alunos da Universidade de Leon. O prémio ANI ficou com os alunos do Instituto Politécnico de Lisboa graças ao Spectrum Audio Labs, um projeto de equipamentos premium especializados para a indústria do áudio profissional. 

Houve ainda duas menções honrosas para os alunos da Escola Náutica Infante D. Henrique, pela criação de módulos hidropónicos inteligentes capazes de garantir a produção de até 32 vegetais ao mesmo tempo (projeto H203), e para os estudantes da Universidade de Aveiro devido à ideia de criar uma empresa de consultoria em desenvolvimento de produto especializada em embalagens. 

Recorde-se que graças a um investimento de 1,1 milhões de euros, realizado com ajuda de fundos europeus, o projeto Polientrepeneurship Innovation Network quer abrir portas aos alunos do Ensino Politécnico e ajudar dezenas de ideias a transformarem-se em empresas.   

O PIN, que teve início em 2015 e assenta numa "interface digital" para "oferecer" aos participantes ferramentas para a implementação de negócios, envolve os institutos politécnicos de Beja, Bragança, Castelo Branco, Cávado e Ave, Coimbra, Guarda, Leiria, Portalegre, Santarém, Tomar, Viana do Castelo e Viseu.   

O objetivo é fomentar a criação de 45 empresas, 15 patentes e 120 projetos de vocação empresarial, num processo que envolverá quase 1.500 estudantes ao longo de um ano 

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório