Meteorologia

  • 22 SETEMBRO 2017
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 16º

Edição

Indústria portuguesa de decoração de interiores faz investida em Londres

A indústria portuguesa da decoração de interiores vai fazer uma investida comercial em Londres, com a presença de perto de 50 empresas e do secretário de Estado da Internacionalização, Eurico Brilhante Dias, no Festival do Design de Londres.

Indústria portuguesa de decoração de interiores faz investida em Londres
Notícias ao Minuto

09:45 - 16/09/17 por Lusa

Economia Festival

Com início hoje e encerramento a 24 de setembro, o Festival é um acontecimento anual que abrange centenas de iniciativas em vários locais da cidade relacionadas com o design contemporâneo, incluindo feiras profissionais, debates, exposições e instalações.

Na feira Decorex International, dedicada à decoração de interiores, participam mais de 400 marcas conhecidas e emergentes de produtos como mobiliário, iluminação e outros acessórios de decoração, têxteis, papel de parede, azulejos e elementos arquitectónicos.

Vão participar 19 marcas portuguesas, das quais 13 pela primeira vez: Alma de Luce, BUD-Bespoke Furniture&Interior, C Castro Lighting, Desistart Group, Duistt Design, European Sky, Ferreira de Sá Rugs, Green Apple Home Style, K-Lighting by Candibambu, Mapswonders, MBN Group, Topázio, Wewood.

BESSA DESIGN, COVET Lounge, Ginger & Jagger, KOKET LLC, Munna e Serip Organic Lighting são marcas que já estiveram presentes em edições anteriores da Decorex, que celebra este ano o 40º aniversário e decorre entre 17 e 20 de setembro.

Também numa vertente comercial, a 100% Design, de 20 a 23 de setembro, terá uma presença nacional, com marcas como BRANCA, DelightFULL, J&J Teixeira, Jetclass, Se7e, Stabörd, Thirty Line Design, Associação Portuguesa da Indústria da Cerâmica (APICER), Associação Portuguesa das Indústrias de Mobiliário e Afins (APIMA).

Entre 21 a 24 de setembro têm lugar a London Design Fair e a Tent London, dois grandes eventos com expositores internacionais de produtos e objetos como mobiliário e iluminação, talheres, cerâmica ou adereços como autocolantes e cabides.

Na London Design Fair, haverá um pavilhão português intitulado Inspiring Portugal e curado pelo designer Marco Sousa Santos com 12 marcas: Around the Tree, Herdmar, João Bruno Design, Mishmash, OffPortugal, Porventura, Riluc, Rui Alves, S. Bernardo, Stabörd, Sugo Cork Rugs, UTIL.

No espaço Tent London, um espaço coordenado pela Associação das Indústrias de Madeira e Mobiliário de Portugal (aimmp) acolhe marcas &Blanc, Bateye, Christophe de Sousa, De Fontes Furniture, Dome, Fertini, Gencork, Green Apple, Like Cork, Stabörd, That Place, Upa Kids, Wewood,

Ana Romero Collection, Inspirações Portuguesas e My Friend Paco estarão igualmente no espaço Tent London, mas em stands individuais.

A qualidade da produção e mão de obra nacional estará igualmente patente nos artigos que são feitos em Portugal por marcas estrangeiras que vão expôr as suas coleções, como é o caso da britânica Another Country.

Em simultâneo, vinte trabalhos feitos com calcário e mármore portugueses, produzidos por nove arquitetos e designers nacionais e internacionais, vão estar na exposição "Set In Stone" no Museu do Design de Londres, entre 18 de setembro e 25 de outubro.

Para além de uma peça inédita do designer britânico Peter Saville, serão exibidas obras dos portugueses Eduardo Souto de Moura, Paulo David, Miguel Vieira Baptista e Jorge Silva, do atelier chileno Elemental, do inglês Jasper Morrison, do cipriota Michael Anastassiades e da dupla austríaca e americana Sagmeister & Walsh.

Segundo a experimentadesign, responsável pela curadoria e produção, este é o "resultado de um projecto que implicou cerca de dois anos, onde 24 arquitectos e designers foram convidados a explorar o potencial do mármore e calcário portugueses, foi explorada a presença da pedra em espaços públicos e privados, fazendo uso da versatilidade do material em termos de sua cor e textura".

De acordo com a Associação Portuguesa das Indústrias de Mobiliário e Afins (APIMA), o Reino Unido subiu uma posição e é o terceiro principal destino das exportações da indústria portuguesa de mobiliário e colchoaria, com compras de 95 milhões de euros e um crescimento de 6% relativamente a 2015.

No geral, as exportações neste setor aumentaram 8% para 1.700 milhões de euros em 2016, com França, Espanha e Reino Unido a absorverem 65% das vendas, enquanto os EUA registaram um dos melhores desempenhos, mais 15% do que em 2015.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório