Meteorologia

  • 21 NOVEMBRO 2017
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 15º

Edição

Grupo Fidelidade investe 2,5 milhões de euros para afirmação em Angola

A seguradora Fidelidade conta a partir de hoje com representação em Angola, a Fidelidade Angola, em substituição da Universal Seguros - Angola, com um investimento de 500 milhões de Kwanzas (2,5 milhões de euros), informou a instituição.

Grupo Fidelidade investe 2,5 milhões de euros para afirmação em Angola
Notícias ao Minuto

15:19 - 13/09/17 por Lusa

Economia Seguros

Em declarações à imprensa, o presidente da Comissão Executiva da Fidelidade Angola, Armando Mota, garantiu que a instituição que dirige vai dar continuidade ao trabalho desenvolvido pela Universal Seguros, mantendo os produtos e submarcas já existentes, nomeadamente saúde, automóvel, multirriscos, vida, acidentes de trabalho, viagem, entre outros.

"Com esta nova empreitada ansiámos por melhores resultados em relação aos anos anteriores", sublinhou, Armando Mota.

Em Angola estão licenciadas 24 seguradoras, sendo a Universal Seguros a terceira maior seguradora em volume de vendas no país.

"A nível de negócio, os clientes são, sobretudo, empresariais, mas a nível estratégico é essencial alargar a penetração aos clientes particulares e aumentar a notoriedade da marca junto da população, motivo pelo qual optamos a marca Fidelidade, por ser forte no ramo segurador", precisou.

Em atividade desde 1908, a Fidelidade - detida pelo grupo chinês Fosun - é a seguradora líder no mercado em Portugal, tanto no ramo da vida, como não vida, registando atualmente uma quota de mercado de cerca de 27,7%.

Em Angola, a Fidelidade conta com 206 colaboradores e apresenta-se com o lema "Estamos Seguros, Para que a Vida não Pare".

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório