Meteorologia

  • 21 JULHO 2017
Tempo
16º
MIN 16º MÁX 16º

Edição

Mais de 10% da dívida pública é detida pelo setor não financeiro da UE

Portugal é um dos países da União Europeia (UE) em que mais de 10% da dívida pública são detidos pelo setor não financeiro residente na UE, estando 58,2% nas mãos de não residentes, segundo o Eurostat.

Mais de 10% da dívida pública é detida pelo setor não financeiro da UE
Notícias ao Minuto

11:22 - 20/06/17 por Lusa

Economia Portugal

Segundo os dados de 2016 do gabinete de estatística da UE, Portugal é um dos quatro Estados-membros em que mais de 10% da dívida pública está nas mãos do setor não financeiro residente no bloco europeu, a par de Malta (27,7%), Hungria (18,1%) e Irlanda (10,8%).

Por outro lado, mais de metade (58,2%) da dívida portuguesa -- a terceira maior da UE, representando 130,4% do produto interno bruto (PIB) -- está nas mãos de não residentes, sendo Chipre o país com maior percentagem de dívida detida por estrangeiros (79%), seguindo-se a Letónia (72%), a Áustria (71%), a Finlândia (70%) e a Lituânia (69%).

Na situação oposta, com a maior parte da dívida nas mãos de sociedades financeiras residentes na UE, estão a Dinamarca (67%), Suécia (64%), Luxemburgo (63%), Croácia, Itália e Malta (62% cada).

Em Portugal, 16,7% da dívida pública está a curto prazo (menos de um ano) e mais de metade (55,1%) são instrumentos de títulos de dívida, seguindo-se os empréstimos (35,5%) e numerário e depósitos (9,3%).

Na zona euro (com uma dívida pública de 83,5% do PIB), 80,9% são títulos de dívida, 15,0% empréstimos e 4,1% numerário e depósitos.

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório