Meteorologia

  • 23 AGOSTO 2017
Tempo
24º
MIN 23º MÁX 25º

Edição

Lisboa já tem uma nova alternativa de transporte em duas rodas

Numa cerimónia realizada esta tarde em Lisboa, os representantes da eCooltra apresentaram a inovadora ideia que quer servir de alternativa aos transportes públicos e privados.

Lisboa já tem uma nova alternativa de transporte em duas rodas
Notícias ao Minuto

17:33 - 20/04/17 por Bruno Mourão

Economia Empresas

Quase 200 motas, uma área de recolha e entrega que cobre a esmagadora maioria da cidade de Lisboa, preços competitivos e pouquíssimas exigências para o utilizador: assim se apresenta a eCooltra, a marca de scooters totalmente elétricas para partilha que acaba de chegar a Portugal. 

Numa cerimónia realizada em Lisboa esta tarde, os representantes da empresa-mãe, a espanhola Cooltra, falaram de uma forte aposta na capital portuguesa, que será inicialmente feita com 170 motas disponíveis e uma área de utilização que na frente ribeirinha vai de Algés ao Parque das Nações e que cobre quase toda a cidade desde o rio Tejo até ao Lumiar. 

Para utilizar as scooters, os utilizadores devem descarregar a aplicação, registar-se e depois procurar uma mota nas imediações através do mapa disponibilizado. Quando estiver próximo, pode iniciar a sessão de condução e desbloquear a mota e a bagageira, onde estão guardados dois capacetes de tamanhos diferentes, toalhitas de limpeza e toucas higiénicas. Depois, resta apenas ligar a scooter e começar a viagem. 

No final, deve desligar o veículo e estacioná-lo dentro da área de cobertura de serviço para que possa fechar a sessão e pagar o valor devido. Segundo Pedro Pinto, country manager da eCooltra Portugal, os pagamentos poderão ser feitos por cartão de débito ou crédito e existem duas tarifas diferentes: 29 cêntimos por minuto de utilização, com uma franquia de 99 euros, ou 24 cêntimos por minuto com uma franquia de 500 euros. 

Na prática, os preços significam que os clientes têm a possibilidade de pagar mais ou menos consoante a responsabilidade financeira que queiram assumir em caso de acidente ou imprevistos: caso pague mais por minuto, a eCooltra só cobrará no máximo 99 euros por estragos. 

As scooters elétricas da eCooltra já circulam em Barcelona, cidade onde a ideia está a ser aplicada com grande sucesso há um ano. A rede na cidade espanhola chegará às 500 motas este ano e em média, os utilizadores gastam 3,6 euros por viagem, com utilização de 15 minutos. 

A entrada no mercado português custou 750 mil euros e segundo Timo Buetefisch, CEO do Grupo Cooltra, a empresa espera conseguir receitas de 550 mil euros no primeiro ano de atividade. 

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório