Líder iraquiano quer ajudar OPEP a cortar a produção de petróleo

Haidar al-Abadi está disposto a desbloquear finalmente as já longas negociações para limitar o excesso de oferta que fez cair os preços do 'ouro negro' para níveis pouco vistos nas últimas décadas.

© Reuters
Economia Matérias-Primas

O chefe do governo de Bagdade disse que o Iraque aceita aplicar o plano da OPEP que prevê a redução da produção de petróleo no país numa tentativa de conseguir baixar o preço do crude.

PUB

Em entrevista à Associated Press, difundida hoje, o chefe do executivo do Iraque, Haidar al-Abadi, frisou que os preços atuais são insustentáveis para os países produtores de petróleo.

Para al-Abadi, é compreensível que os países membros da OPEP (Organização dos Países Exportadores de Petróleo) tenham concordado na redução do número de barris por dia (entre os 900 mil e 1,2 milhões barris diários). O governante previu que a medida pode ser suficiente para fazer face ao problema.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS