Meteorologia

  • 30 MAIO 2023
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 23º

Grupo DIA aumenta vendas em 11% nos primeiros nove meses do ano

O grupo espanhol de distribuição DIA aumentou a faturação em 11% entre janeiro e setembro de 2016 para 7.800 milhões de euros, registando um crescimento de 2,1% em Portugal, onde as vendas chegaram aos 635 milhões de euros.

Grupo DIA aumenta vendas em 11% nos primeiros nove meses do ano

Portugal representou 8% da faturação da cadeia espanhola, ultrapassando apenas a China (2,3%), segundo um comunicado do DIA.

Quase 60% das vendas foram registadas em Espanha (que obteve um aumento de 2% para 4.467 milhões de euros), seguindo-se o Brasil, com um peso de 17% (1.337 milhões de euros) e a Argentina, a valer 15% (1.181 milhões de euros), no que diz respeito às vendas brutas sob insígnia.

Este valor é relativo à faturação total obtida nas lojas próprias e sob franquia, incluindo os impostos indiretos (valor de 'ticket' de caixa).

O DIA adianta que o crescimento das vendas se deve "ao bom ritmo de negócio de todas as áreas geográficas onde a companhia mantém operações" e estima aumentar a faturação em cerca de 10% no exercício de 2016.

O resultado líquido ajustado totalizou 157 milhões de euros nos primeiros nove meses de 2016, menos 4,7% face ao período homólogo, devido ao aumento das amortizações por aquisições e do resultado financeiro nos países emergentes.

O EBITDA ajustado (lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização) situou-se nos 429 milhões de euros, mais 6,4% em termos homólogos.

No final de setembro de 2016, o grupo DIA contabilizava 7.824 lojas.

Em 2015, o DIA tinha 7.718 estabelecimentos e atingiu um volume de negócios de 10.547 milhões de euros.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório