Japão quer dar valor real às moedas de 'Pokémon Go'

Moedas virtuais do jogo de smartphone mais popular do mundo estão a centrar as atenções dos reguladores nipónicos. Decisão seria histórica e poderia levar à aplicação em várias outras séries de jogos.

© Getty Images
Economia Divisas

A Agência de Serviços Financeiros do Japão está próxima de tomar uma decisão inédita sobre as famosas pokécoins, as moedas virtuais que servem para comprar itens no jogo 'Pokémon Go'. 

PUB

De acordo com o Financial Times, o regulador nipónico prepara uma nova lei que obriga as empresas de videojogos em plataformas móveis a fazer depósitos em dinheiro real para cobrir os valores de moedas virtuais adquiridas pelos jogadores. Este requisito reconheceria as PokéCoins como moedas com valor real. 

No jogo criado pela Niantic Labs, os jogadores podem gastar dinheiro real através da conta Google para comprar pokebolas, ovos, incubadoras ou espaço extra para guardar itens e pokémon. Na versão disponível em Portugal, os jogadores têm uma compra mínima de 99 cêntimos (que dão direito a 100 pokécoins) e uma compra máxima de 99,99 euros (que dão direito a um tesouro de 14.500 pokécoins).

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS