Inflação do Reino Unido sobe máximos de quase 2 anos

A inflação homóloga do Reino Unido subiu para 1% em setembro, o nível mais alto desde novembro de 2014, contra 0,6% em agosto, anunciou hoje a agência nacional de estatística britânica.

© Getty Images
Economia Preços

Segundo os dados da agência nacional de estatística britânica (Office for National Statistics, ONS), que divulgou o índice de Preços no Consumidor (IPC), os principais fatores que contribuíram para este aumento foram a subida dos preços da roupa e dos custos dos restaurantes e estadias de hotel.

PUB

Analistas citados pela Efe tinham previsto que a inflação homóloga do Reino Unido em setembro se situasse em 0,9%.

Num comunicado, a ONS indicou que não se detetou qualquer "evidência explícita" de que a depreciação da libra esterlina desde a vitória do 'Brexit', ou saída do Reino Unido da União Europeia, em 23 de junho último tenha influenciado no aumento da inflação.

Desde que foi convocada a consulta para 23 de junho, a divisa britânica depreciou-se quase 20% face ao dólar.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS